sábado, 13 de dezembro de 2014

A vida preganos cada uma..

É verdade.. As vezes estamos sossegados da vida, pensamos que tudo está normal e sobretudo muito bem, mas na verdade chega sempre o momento quando damos-nos conta que as aparências enganam. Até podemos levar uma vida relativamente boa e mais tarde ou mais cedo aparecem coisas que não contávamos mesmo. São sinais para mudar alguma coisa no nosso estilo de vida? É uma prova de Deus para nos fazer mais fortes? É uma forma de nos mostrar que todos podemos passar pelo mesmo e que há coisas que não só lhes acontecem aos outros?
Quando reflicto sobre estas questões fico sempre com esperança de que tudo correrá bem...

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

A sálvia... uma amiga que gostava de ter em casa!!



Sabiam que a sálvia é uma das plantas com um historial medicinal muito amplo?

Entre as propriedades da sálvia destaca-se a sua propriedade antioxidante, anti-microbiana, ansiolítica, calmante e anti-inflamatória. Favorece o transito intestinal, melhora a digestão e diminui a circunferência abdominal, ou seja, diminui a barriga. Além disso, ajuda a eliminar os gases que contribuem ao aumento da barriga. A acção diurética também contribui para evitar a retenção de líquidos. O consumo frequente de chá de sálvia limpa completamente as vias respiratórias, cura hemorroidas, contém hemorragias menstruais, trata cólicas e alivia os sintomas da menopausa. Já para curar feridas ou úlceras também é muito utilizada, colocando compressas com o chá no local desejado. Este procedimento também é válido para auxiliar nas dores de cabeça mais fortes, como enxaqueca. Serve como um calmante natural, acalma o sistema nervoso e controla a ansiedade, proporcionando uma noite de sono calma e sem interrupções. O óleo de sálvia também é utilizado para auxiliar no tratamento de entorse e inchaço.

Como se fosse pouco esta planta também ajuda a espantar energias negativas. Queimar algumas folhas de sálvia ajuda afastar vibrações negativas. Conforme o conceito Ayurveda, a sálvia é um incenso natural e traz energias positivas por períodos prolongados de tempo.  

Sem dúvida uma planta que gostava de ter na minha casa! 

domingo, 2 de novembro de 2014

Intimidade...




Alguém já se perguntou-se sobre o que implica a intimidade num casal?

A intimidade, a paixão e o compromisso. Três ingredientes que para mim estão todos das mãos dadas. A intimidade dá sentido, conteúdo e estabilidade a qualquer relacionamento, seja ele de qualquer tipo (namoro, noivado, casamento), além de que ajuda a tornar a paixão em amor. Não podemos esquecer que o amor precisa de um alimento para poder subsistir e esse alimento para mim é sem dúvida a intimidade. Para desenvolver a intimidade entre duas pessoas é necessário conhecer a outra pessoa, saber que podemos confiar nela e sentir que somos correspondidos. A compreensão, o bem estar um do outro, o apoio emocional e a relação afectuosa são os alicerces que permitem desenvolver a nossa intimidade. Há quem pense que a intimidade é algo exclusivamente físico, mas na verdade a intimidade pode ir muito mais além da proximidade sensual ou toque (abraçar, beijar, acariciar e até a própria actividade sexual). Também pode existir uma intimidade emocional, ou seja, quando na presença da outra pessoa sentimos confiança e uma ligação muito próxima; uma intimidade cognitiva ou intelectual, quando somos capazes de trocar ideias e pensamentos e conversar sobre concordâncias e discordâncias; uma intimidade experiencial, quando as duas pessoas gostam de fazer coisas juntas (ir ao cinema, ir ao ginásio, etc.); uma intimidade auto-reveladora, quando o casal revela-se mutuamente coisas pessoais e verdadeiras, não existe em definitiva segredos entre eles. 

Para mim... a intimidade auto-reveladora é o topo de todas elas e vamos construindo-a ao longo do tempo! 

Ao som de:
 

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

***



"Um mundo grande oculta-se na nossa alma, esperando ser encontrado"

O manuscrito encontrado em Accra

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Na união está a força.. um video para reflectir!!


Nada mais certo nesta vida, se queremos sair adiante nada melhor como juntar-nos a quem amamos e nos apoia incondicionalmente.
"Uma só família humana, alimentos para todos" 

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

De novo na Universidade...



Já vão várias semanas que venho à Universidade do Minho... mas hoje voltei depois de muitos anos àquela que foi quase a minha segunda casa durante os anos de faculdade. Voltei a sentar-me nos sofás da Biblioteca. Parece que quando voltamos a um sitio onde já passamos tanto tempo, sentimos-nos como em casa e ao mesmo tempo sentimos saudades desse tempo que já se foi... A Biblioteca esta ligeiramente diferente, mas ainda conserva aqueles sofás vermelhos, meu Deus, onde tanto passava o tempo a estudar, fazer trabalhos de grupo e inclusive deixar passar o tempo até a próxima aula a falar com a minha amiga Z... São memorias que por momentos colapsam na minha cabeça e fazem-me pensar o quanto a minha vida mudou desde que acabei a Universidade, parece que tudo por aqui continua mais ou menos igual; os mesmos funcionários, o mesmo espaço, se calhar os mesmos livros e as mesmas rotinas da vida dos estudantes universitários. É tão bom voltar...
Ao som de:

domingo, 19 de outubro de 2014

Nova turma...



Começa uma nova turma... desta vez irei para Famalicão assegurar mais uma turma de espanhol. Pessoas com ou sem conhecimentos básicos na língua... não sei, é sempre uma incerteza, mas tratando-se de um espanhol avançado presumo que as pessoas terão alguma domínio básico na língua (espero eu). Agarro esta nova turma com entusiasmo, pois não tinha formações desde Maio, digamos que até final do ano terei trabalho seguro. Olhando para o cronograma serão três meses seguidinhos sem parar, excepto dia oito de Dezembro (feriado). É por isso que este fim-de-semana tem sido para preparar material para as aulas... programas, power points, manuais e bibliografia toda necessária para este percurso. 

Hoje ao som de: 

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Pormenores...

Quadro feito por mim "Papagaios no seu lar"

Eis aqui alguns pormenores na decoração da minha sala que faltavam...  

Estas almofadas a metade de preço no Espaço Casa

Umas flores que ficam estupendamente bem
Um cantinho da sala que ficou também colorido

É tão bom quando encontramos aquilo que 
realmente queremos para pôr no nosso lar...
Estou satisfeita com o resultado final ;) 

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Cuidados masculinos #6


Muitas vezes não importa o estilo do homem a hora de vestir-se... o que é mais importante é o que vai dentro dele. É isto que costumamos ouvir por aí com alguma frequência... no entanto, na prática não é bem assim, nós mulheres gostamos de ver homens bem vestidos / arranjadinhos, mantendo sempre algumas regras básicas. Felizmente já começamos a ver homens preocupados com o que vão vestir, alguns até exageram no assunto. Que mulher já não trocou justo antes de sair com o namorado umas calças ou uma blusa? Se calhar muitas mulheres neste momento estão a identificar-se... a verdade é que muitas mulheres gostam de sair de casa bem arranjadas e a sentir-se bem consigo mesmas. O mesmo aplica-se aos homens que têm o cuidado de vestir-se bem a hora de sair de casa, isto só demonstram que cuidam bem deles e que se preocupam com a sua imagem. Além disso, mostram que se importam com a mulher que têm ao seu lado. Para mim um homem têm que obedecer a duas regras básicas: primeiro, roupas sempre limpas e passadas; segundo, sapatos limpos e em ordem. Alguns estarão a pensar nas "modas" que existem. Eu só digo uma coisa: modas aparte, estas duas regras / cuidados devem estar presentes na indumentaria de qualquer homem.  



domingo, 12 de outubro de 2014

Fim-de-semana com visitas em casa...


Já é habitual em nós (eu e meu marido) quando podemos combinar alguma coisa com os amigos em casa... um café, um falar do dia-a-dia e do futuro. As vezes é tudo uma questão de necessidade estar com aqueles que são importantes para nós. Desde que casamos é regra de honra em casa que vamos manter o contacto com os nossos amigos, não esquecendo que eles fazem parte também das nossas vidas independentemente de termos passado a ter outras responsabilidades. É normal que a maior dificuldade seja conciliar os horários de todos para combinar e ficarmos... mas sempre, um dia mais tarde ou mais cedo acabamos estando com todos. É tão bom poder passar momentos assim... descontraídos e em boa companhia. 

Ao som de: 

sábado, 11 de outubro de 2014

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Depois de muito escolher..


Já vamos nisto há quase dois anos e tal a decorar a nossa casa... tudo aos bocadinhos, afinal quem é que tem dinheiro para fazer tudo de uma só vez? 

Ora foi desta vez que depois de tanto escolher e procurar decidimos comprar o tapete para nossa sala. Ainda estamos a ver os pormenores da decoração, almofadas e outros acessórios. A cor escolhida desta vez é o laranja, que com o beige, branco, castanho, prateado da minha sala faz uma excelente combinação.


quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Segunda oportunidade...



Eu acredito que todos nós merecemos em alguma altura das nossas vidas uma segunda oportunidade. Sim.. Uma segunda vez para demonstrar o que realmente somos capazes de fazer. Quando há pessoas sensíveis à outorgar outra oportunidade, coisas maravilhosas podem acontecer. Sei que nem todas as pessoas pensem da mesma maneira do que eu. Se calhar porque nunca tiveram uma segunda oportunidade nas suas vidas. Se calhar por outro motivo qualquer... mas essa sensação de estar em baixo por não conseguir o que queremos numa determinada altura, ou bem porque não estávamos preparados ou porque simplesmente fizemos uma asneira, e ver que de repente uma porta pode abrir-se e alguém mostrar-nos confiança para fazer outra vez ou fazer melhor o que tanto queríamos é das sensações mais motivantes e extraordinárias que alguém pode sentir.        

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Desinflamar com gelo...


Ao longo deste tempo tenho aprendido e confirmado com os meus próprios olhos que colocar gelo não é um mito à hora que querermos controlar e prevenir processos inflamatórios. Muita gente não dá valor a isto e compram inúmeras cremas e pomadas para ter este efeito... mas a verdade é uma, não existe nenhum anti-inflamatório mais eficaz e de tão fácil disposição em casa do que o gelo. Esta constituiu a minha ferramenta diária de trabalho durante o meu estágio. De facto, ao aplicarmos gelo não só evitamos e aliviamos o inchaço e o edema como também podemos reduzir significativamente a intensidade da dor, funcionando o gelo neste sentido como um analgésico de primeira. Por minhas mãos já passaram muitas pessoas com lombalgias, cervicalgias, epicondilites, artroses, etc. e em quase todos foi requerida a utilização do gelo para fins terapêuticos. 

As vezes temos à nossa disposição aquilo que nos pode ajudar no tratamento de um determinado problema e por falta de conhecimento não o usamos... outras vezes é porque simplesmente subestimamos o poder do mesmo. Podem estar a perguntar-se, mas como fazemos para colocar o gelo? Existem várias formas, o mais importante é que apliquemos o gelo imediatamente após ter ocorrido a lesão e nunca em casos onde haja fractura exposta, infecções ou perda de sensibilidade. Quando há perda de sensibilidade no loca, a pessoa não é capaz de sentir o quão frio esta, provocando queimadura. 

- Podemos aplicar gelo num saco plástico, colocando vários cubos de gelo e sempre movimentando o saco fazendo numa espécie de massagem; 
- Podemos também aplicar o gelo (em zonas mais pequenas como a mão ou planta do pé) com um cubo de gelo directamente com a ajuda de um pano. 
- Podemos ainda colocar uma bacia com gelo e agua e introduzir a mão ou pé. 
O principal sinal de que o gelo fez o seu efeito é observar a pela avermelhada, isto é devido ao aumento da pressão sanguínea. É ideal aplicar gelo a cada 2 horas durante 48 horas até conseguir o efeito pretendido - diminuir a inflamação ou inchaço e a dor.

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Aulas particulares...





Esta semana comecei a dar aulas particulares de espanhol, gosto deste tipo de explicações porque quem esta disposto a pagar uma ou duas horas de aula é quem quer mesmo aprender. A motivação e o envolvimento das pessoas é outra... sem dúvida, uma experiência que será de todo positiva e eu farei o meu melhor para que corra bem! :) 




domingo, 5 de outubro de 2014

Fim-de-semana para as limpezas e um pouco de cozinha...




Fim-de-semana para as limpezas... foi a altura do ano em que muda-se alguma coisa em casa, faz-se uma limpeza mais a fundo, tira-se as cortinas e limpa-se tudo em pormenor!! Foi assim o fim-de-semana...

Ainda assim deu tempo para cozinhar e fazer uns bolinhos de chocolate...

Brownies com Oreo

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Fim dos estágios...



É com grande satisfação que ontem concluí o terceiro e último estágio no meu curso de fisioterapia. A verdade é que foram dias de bastante trabalho, mas que compensaram na experiência que adquiri. Agora sim... sinto-me mais competente e capaz de trabalhar na área. É claro que nunca de uma maneira totalmente independente mas de que sou capaz de assegurar um tratamento de inicio até o fim, isso sou... Bora lá!! 


terça-feira, 30 de setembro de 2014

Dia de praia com a nossa Bianca...




E assim foi o dia de praia com a Bianca... bem comportada deixando-se contagiar pelo som das ondas do mar... um dia bem passado sem dúvida!

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

A propósito do meu curso em fisioterapia...

Como é que eu decido fazer este curso de técnico auxiliar em fisioterapia? Muitos pensarão, já não chegava o curso em psicologia, o de formadora e o de webdesign? A verdade é que eu não consigo ficar parada e gosto sempre de aprender mais e mais sobre diversas áreas. 

A nossa capacidade de conhecer é muito ampla quando exploramos áreas desconhecidas. O bichinho da fisioterapia sempre chamou-me a atenção. O facto de poder conhecer o nosso corpo, a forma como ele se articula e funciona é fantástico, sobretudo se queremos ter um corpo em equilíbrio. A fisioterapia não é mais do que a utilização de agentes físicos para tratar patologias ou problemáticas cinéticas-funcionais. Esta abordagem é interessante porque baseia-se num tratamento sem grandes substâncias químicas - se bem é verdade que alguns casos merece a utilização conjunto com um tratamento farmacológico, a fisioterapia não prevê por si só isso. Ao longo deste tempo tenho compreendido que há caminhos diversos para tratar uma determinada patologia, todas proporcionam uma solução, mas às vezes a questão é: qual delas nos é menos intrusiva ou nos faz sentir melhor? Estou convencida que cada pessoa é única em decidir o que melhor resulta para ela... 

Este curso teve três componente principais de actuação no âmbito da fisioterapia: 1) hidroterapia - que não é mais do que a utilização das propriedades físicas da água para o tratamento das mais diversas patologias. A água é um recurso que nos seus diferentes estados pode proporcionar bem estar e saúde às pessoas. 65% do nosso corpo é composto de água e não é por acaso...; 2) electroterapia - que não é mais do que a utilização de correntes eléctricas no tratamento das patologias...; 3) massagem - que é aquela parte que a maior parte das pessoas gosta e que consiste na utilização da força, movimento, vibração para estimular a circulação, mobilidade, elasticidade ou inclusive aliviar a dor. Existe uma infinidade de tipos de massagem, todas direccionadas para uma finalidade ou efeito pretendido... 

Voltarei a escrever um pouco mais sobre alguns assuntos nesta área, porque penso serão uma mais-valia para muitas pessoas. 




Sobre política...





Estou farta de política... aqui, lá, uns e outros... são todos iguais. Todos os políticos anseiam poder para acabar com a pobreza, com o desemprego e aumentar o desenvolvimento do pais. A questão é que quando têm o poder todos fazem exactamente o mesmo, esquecem aquilo para o qual foram eleitos - cheguei a conclusão que o poder estraga as pessoas e é o causante deste grande disparate que vivemos hoje em dia em muitas partes do mundo. Essa sensação de controlo que se a juntarmos à competitividade e o desejo de demonstrar que são melhor que os outros é o causante dos dos esquecimentos destes indivíduos. A final esquecem quem os verdadeiros prejudicados neste jogo de poder. O que uns fazem bem, outros destroem... e o que uns fazem mal, outros destroem e criam coisas com nomes diferentes mas com os mesmos princípios. Ficamos sempre na mesma... mais ou menos iguais.  

domingo, 28 de setembro de 2014

A história da minha Bianca...


Caminho ao veterinário no seu 2º mês de nascida
A nossa Bianca veio parar a casa de uma forma muito particular...
Em Fevereiro do 2014 a nossa menina já tinha dois meses de nascida, foi casualmente encontrada numa casa em construção perto da nossa. Não sei como há pessoas sem coração, capazes de deixar uma cadela com estes cachorrinhos, provavelmente quando a deixaram ainda não tinham nascido os cachorrinhos... A verdade é que a Bianca estava toda cheia de medo junto da mãe, comia alguma ração que os moradores deixavam e notava-se alguns vestígios de alimentos como arroz, etc. Os irmãos da Bianca tiveram a mesma sorte dela e foram adoptados primeiro do que ela. 
Nos primeiros dias a nossa menina passava a maior parte do tempo a dormir, como podemos ver na foto encima... 
Foi o meu marido quem a avistou numa das manhãs de Sábado quando se dispunha sair para o trabalho, desde então tem sido a nossa alegria cá em casa. É muito meiga e querida... gosta de mimos e de brincar com seus brinquedos favoritos. Sem dúvida das melhores decisões que tomamos foi ter adoptado esta coisinha fofa... Bianca tem 9 meses connosco e tem sido maravilhosa toda esta aventura. 

Aqui de novo... um novo começo


Bom Jesus - Braga 2014
Já mais de um ano que por aqui não passo... é verdade, parece que o facto de ter casado tivesse alterado tanta coisa na minha vida, mas principalmente o tempo para vir cá este cantinho de mim que tanto adoro. É com grande satisfação que volto a escrever aqui e postar o meu primeiro de muitos posts depois de tanto tempo. Tenho tanto para escrever, sinto como se faltasse uma memória para tudo o que já passou neste curto ano de vida. Espero poder actualizar este espaço e encher o mesmo com acontecimentos, momentos, palavras e o melhor de mim... um novo começo para este blog. 

Relembrando um pouco... os meus últimos posts foram todos relacionados com o meu casamento, o qual correu lindamente. Foi uma festa inesquecível junto dos meus familiares e melhores amigos. Algo que ficará para sempre bem presente... 

Tenho tido uma vida de casada extraordinária... o meu marido é tudo o que alguma vez sonhei para mim e minha família. Foi e é a coisa mais maravilhosa que já me aconteceu... 

Adoptamos uma bela cadelinha (mais para frente falarei melhor sobre como isto aconteceu e também darei a conhece-la). É impressionante sentir que podemos acolher um ser tão nobre e fiel nas nossas vidas... é uma sensação única... 

Entretanto, do ponto de vista profissional não tenho mudado muito... continuo a dar formação de espanhol, a vida tem-me sorrido e proporcionado experiências gratificantes neste aspecto. Graças a Deus tenho tido emprego e que espero continue assim durante muitos anos...

Como já é habitual, fiz mais um curso... desta vez Técnico Auxiliar em Fisioterapia... esta foi sem sombra de dúvidas a minha melhor decisão em muito tempo. Aprendi tanto neste curso e sei que irei ajudar pessoas com as ferramentas que aprendi...

Hoje é Domingo... é dia para olhar para atrás, sabendo que tudo o que foi feito tem uma recompensa actual...
Hoje é Domingo... é dia para descansar e desfrutar dos bons momentos... 
Hoje é Domingo... por isso desejo a todos um excelente dia e um bom inicio de semana!

Ao som de:

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

O nosso lar...


Após vários meses a procura de algo que gostássemos para iniciarmos a nossa vida juntos, chegou o que tanto queríamos. A verdade é que as opções foram muitas, mas sem dúvida foi uma decisão bem tomada por ti... É nesta altura em que, uma vez decidido o nosso lar, começamos a fazer as nossas primeiras compras, a escolher o que mais gostávamos de colocar num ou noutro sitio, a idealizar o nosso estar nesse espaço, e a pensar nas nossas rotinas diárias. Uma experiência que estamos a viver plenamente, em definitiva, porque será aí onde vamos construir o nosso ninho de convivência, amor, entrega, tolerância, compreensão e dedicação. É aí onde iremos ver crescer os nossos filhos e viveremos bons e maus momentos... é onde viveremos momentos de alegria e felicidade, mas também aqueles de frustração e desmotivação. Onde seguramente iremos dizer muitas vezes "tu és importante para mim, amo-te", mas também onde ouviremos dizer "não me sinto bem hoje, deixa-me estar aqui", etc. 

Porque quem casa, casa quer... 
Nós já temos o nosso lar onde iremos viver!

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Pre-filmagem...


Escolher um sítio, ir com o fotógrafo para esse sitio e pousar de diferentes formas, sempre procurando ser nós próprios, namorar frente a uma câmara fotográfica, sorrir com apenas pensar no que estamos a fazer e criar cumplicidades entre os dois... esta foi das experiências que nunca pensei viver. Nunca pensei fazer isto, ter que recriar um momento de solteiros, mostrando um pouco da nossa relação, de como somos ao estar juntos. De facto, não foi nada fácil para mim sentir-me observada enquanto passava uma mão pelo seu peito ou enquanto dava-lhe um beijo. Mas em fim, após de entrar em confiança e sentir-nos à vontade frente à câmara tudo flui naturalmente. São imagens que vão passar no dia do nosso casamento e que certamente ficarão na nossa memória para sempre. Tenho a certeza que iremos num futuro rever estas fotos e videos com os nossos filhos, netos, e quem sabe bisnetos...  


terça-feira, 27 de novembro de 2012

Sapatos de noivas...




Nunca pensei que os sapatos de noivas fossem difíceis de escolher... é verdade, sim senhor. Os sapatos vão ser o meu melhor conforto durante o dia todo, de modo, que para poder desfrutar ao máximo do dia preciso de uns bons sapatos. O meu conselho para quem anda nisto do casamento é que dedique algum tempo a escolher mesmo bem... Posso dizer que no meu caso foi das coisas que até há poucos dias não tinha assim muito claras. Acima de tudo gosto de comodidade e quem me conhece bem sabe que detesto sapatos que são giros mas que depois na verdade são um autentico pesadelo... A minha grande sorte é ter conseguido um lugar que conseguiu satisfazer a minha necessidade de conforto ao máximo. Trata-se uma loja de sapatos que faz os sapatos à medida e gosto da noiva. Uma das coisas que pedi foi conforto, pouco salto, simples e que fosse muito giro. Não me posso queixar, depois de tanto procurar, encontrei aquilo que realmente quero... e a melhor noticia de tudo é que nem foi exageradamente caros como já tinha visto noutros sítios. Infelizmente, hoje em dia quando vamos buscar algo para noivos há certas lojas ou empresas que exageram no preço e depois alegam "isto é só uma vez na vida, por isso, vale a pena gastar mais um bocadinho". É verdade que é um momento único, mas não como para perder a cabeça... juízo acima de tudo meninas. Eu sinceramente penso que as coisas para casamentos deveriam ser tudo relativamente mais barato para poder incentivar mais a ideia de casar. Pois hoje infelizmente há pessoas que apesar de gostarem casar, não o fazem devido ao impedimento económico... 


segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Vestido com medidas certas...


Já falta pouco mais de um mês e já fui fazer as últimas medidas para acertar o meu vestido. A minha surpresa foi ter emagrecido entretanto alguns quilos e que consequentemente as medidas sejam ligeiramente outras no meu abdómen e peito. Ora já estão as medidas acertadas e agora toca esperar até finais do mês de Dezembro para ir levantar na loja, todo ele prontinho para ser vestido no dia do casamento. 

domingo, 25 de novembro de 2012

Das coisas mais importantes...


...para o nosso casamento, alguém que possa registar aquilo que nesse preciso momento estará acontecendo. É como parar o tempo e reter num pequeno flash um momento especial. Porque as fotografias serão a viva imagem da nossa memória alguns tempos mais tarde. É por isso que apostamos sem dúvida num profissional... Ao longo de todo este tempo já vimos inúmeras coisas e não é tarefa fácil escolher, pois existe muitíssima oferta, diferentes preços e serviços. No nosso caso foi relativamente simples de escolher,  é verdade, porque acima de tudo apostamos em alguém que nos foi recomendado e que ao conhecer pessoalmente deixou-nos bastante à vontade. Afinal de contas, o fotógrafo é uma pessoa que estará próxima a nós em vários momentos desta ocasião e por isso, sim... tinha mesmo que ser alguém que nos deixasse à vontade e que percebesse que o mais importante é deixar-nos ser nós próprios a cada momento e captar os momentos no seu estado mais puro e natural...


segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Começo de semana...


A semana começa com bastante trabalho... mais uma turma a iniciar hoje, uma quase a fechar neste mês e outra que vai pelo meio. Isto me garante "trabalho duro" até o fim deste ano e por isso só posso estar extremamente agradecida com o Universo. Nos tempos que correm ter tanto trabalho é de facto uma grande sorte... só peço que continue havendo mais e mais turmas de espanhol a iniciar e que eu possa continuar a ter a maravilhosa oportunidade de ensinar a minha língua materna. Nunca pensei que fosse tão gratificante ser formadora, só espero que acima de tudo hajam pessoas interessadas nesta formação, que sem dúvida alguma vai mais além de um simples curso de língua, modéstia a parte. O convívio e espírito de entre-ajuda que gosto de imprimir nas minhas turmas faz com que os formandos se sintam em família e, consequentemente, a recriação de ambientes renovados de aprendizagem é constante. Todos aprendem conforme as suas necessidades e todos ficam satisfeitos com os resultados de aprendizagem. Por isso e muitos outros motivos, o dia de hoje começa com energias renovadas.  

E nada como começar... 

Ao som de: 

domingo, 11 de novembro de 2012

A sensação do final do dia...

photo credit: ✿ nicolas_gent ✿ via photopin cc

São raras as vezes em que depois de conhecer alguém fico a pensar "porque só agora é que conheci a esta pessoa?" De facto, são raras as vezes que fico com esta sensação... parece que passou tanto tempo sem conhecer alguém que realmente vale a pena conhecer e partilhar o verdadeiro sentido de amizade.

Um final de domingo em boa companhia sem dúvida...  

sábado, 10 de novembro de 2012

A propósito desta fase...


Com isto do casamento, são muitas as pessoas que começam logo a conversa perguntando como estamos a preparar-nos... alguns até nos dizem em tom sarcástico negativo: "quando estamos a namorar é uma coisa, e depois de casados é outra". Eu não acredito nisto, não acredito porque só muda quem quer mudar, é tudo uma questão de escolhas. É lógico que as nossas vidas mudam, mas é uma mudança que é para melhor e da mão dada da pessoa que amamos. Por isso, não me preocupa as mudanças que já começam a manifestar-se nas nossas vidas... 
Há várias coisas na nossa mente com esta união e todas elas vão mais além de um simples momento de festejo, alegria e diversão, o qual caracterizará e marcará a continuação das nossas vidas. Tal como disse anteriormente, considero que estamos preparados e nesta fase do nosso projecto de vida, o nosso objectivo é caminharmos juntos para sermos felizes um ao lado do outro. E para isso queremos continuar alimentando, sem dúvida, as nossas vidas com diversos "momentos", porque são os momentos que definitivamente fazem com que apreciemos a nossa essência. Chegou a altura de sermos ainda mais persistentes nas nossas decisões, fiéis aos nossos valores e tolerantes às diferenças existentes em nós. Em definitiva, uma vida a dois que começou e continuará o seu percurso cheio de felicidade como até hoje, porque acima de tudo é isso  o que queremos e faremos tudo por que assim seja. 

Ao som de:


terça-feira, 6 de novembro de 2012

Convites feitos e entregues a todos...



Para todos os interessados sobre convites, brindes, arranjos, entre outros, aconselho-vos a Convid'arte, situado em Braga, com excelente atendimento e um trabalho impecável. Em duas semanas já tinha os meus convites prontos a serem entregues. Claro esta que isto depende das quantidades solicitadas, mas foi muito rápido. Podem aceder a mais informações sobre a Convid'arte no facebook: 

Lista de Convidados...



Muitas vezes não temos noção de como começar uma lista de convidados para um evento tão importante para nós... simplesmente não sabemos como começar. Foi assim como nós decidimos fazer a nossa lista de convidados, tendo em conta alguns aspectos: 

1. Familiares - começar sempre pelos familiares é o melhor que se pode fazer, por aquelas que participam na nossa vida activa, durante todos os dias (pai, mãe, irmãos, tias, avós, etc.). 

2. Proximidade - sejamos sinceros há familiares ou amigos que estão longe e são pessoas muito próximas a nós pelo convívio, carinho, estimação e baixo nenhuma circunstância podemos deixar por fora. No entanto, temos também familiares que estão fisicamente mais perto, mas não do ponto de vista do apoio e carinho (alguns inclusive, nem sabemos deles), e nesses casos, a nossa regra de honra foi convidar pessoas que apenas sentíssemos realmente próximas a nós... 

3. Limite - quando se faz uma listagem de pessoas temos que criar alguns limites. Definir um número máximo e um número mínimo é importantíssimo, porque senão acabamos por ter até o nosso vizinho (que apenas dizemos-lhe Olá) também na lista. Além disso, ao criarmos um limite também garantimos não ultrapassar o nosso limite em termos de orçamento. 

4. Colegas de trabalho - uma questão é termos colegas e outra muito diferente é termos "amigos" no nosso ambiente de trabalho. Convém separar as aguas quando se trata de convidar pessoas que trabalham connosco e que não nos dizem nada.

5. Desconfortos ou conflitos - muitas vezes podemos ter pessoas (amigas ou familiares) que são importantes para nós, mas que por algum motivo alheio não se falam entre elas ou estão zangadas. Apesar de não termos nenhum caso como este, relativamente a esta matéria decidimos que iríamos convidar a todos, pois os conflitos que pudessem existir entre as pessoas importantes para nós não nos dizem respeito.  

Estas foram de um modo geral as directrizes para elaborar a nossa lista de convidados, que espero sejam úteis para quem esta a fazer também uma ou pensa começar a fazer. Um conselho que vos dou é quando acabarem a lista de convidados, ver todas as pessoas que por ventura decidiram não incluir e estudarem a possibilidade de as avisar sobre o vosso casamento, embora não sejam convidadas. 


domingo, 4 de novembro de 2012

Um caminho a dois...

de dos en dos

Desde há uns meses atrás eu e ele decidimos empreender um único caminho juntos, um caminho que começa a partir de Janeiro, lado a lado, lutando por aquilo em que acreditamos e sonhamos. Não é que até agora não o tenhamos feito, mas queremos fazê-lo numa outra dimensão, de uma forma mais significativa para nós. Só posso dizer que estes últimos meses foram os mais intensamente vividos em toda a minha vida, não só do ponto de vista da organização pessoal e profissional, de modo a conciliar um sem fim de coisas, mas também do ponto de vista psicológico e emocional.  Este percurso que começou já há uns anos atrás, mas que só ganhou outro significado nos últimos meses faz-me pensar nas mudanças específicas que implica "viver" e "conviver" com a pessoa que amamos. Para mim o essencial é tornar a vida a dois, o mais única, simples e feliz. No entanto, é inevitável assistir a todo um processo de transformação, negociação e acoplamento a este novo mundo, que nos levará a limar as arestas que nos faltam por limar. É neste projecto de vida que empreendemos que vamos somar desafios que vão permitir-nos crescer mais e mais, consolidando fortemente o que sentimos um pelo outro, ou antes pelo contrario debilitando o que já foi construído. A maturidade consciente requerida sobre cada passo a seguir é o nosso pilar fundamental e é sobre ele que nos apoiamos para assumir todas as consequências de cada escolha tomada (certa ou não). Enquanto os dias passam, a preparação para o casamento fica parcialmente arrumada, enquanto a preparação para o "nosso" novo estilo de vida (a partir de Janeiro) ganha outra prioridade.