quinta-feira, 27 de março de 2008

O sorriso de uma criança...

Hoje enquanto decidia que cereais comprar, tentando seduzir o meu paladar com um possível novo sabor do Special K de chocolate, vi uma criança brincando no supermercado… Uma criança sozinha com caracóis no cabelo e um vestidinho e sapatos vermelhos, uma criança que no carrinho das compras, naquele minúsculo espaço, simplesmente, tentava brincar com um pacote de bolachas, tentava “fazer de contas”, limitava-se a ser ela e um pacote de bolachas… Esta rudimentaria activou lembranças da minha infância, àqueles sapatos de charola e àqueles típicos vestidinhos com um laço enorme contornando a minha cintura, àquelas meias de nylon da mesma cor e lacinhos…. A verdade é que aquela criança mostrou-me um sorriso tão ingénuo que não consegui resistir em lhe corresponder com um sorriso daqueles que nos fazem piscar os olhos, aqueles que nos dão gosto de dar, aqueles que simplesmente saem… aquele sorriso e apenas aquele sorriso de cumplicidade assomou-me a um ângulo tão singular da vida que propiciou instantaneamente que aquela criança estendesse a sua mão e continuasse a rir genuinamente.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Que pensas sobre isto? Desejas partilhar algo parecido? Concordas ou não?
Obrigada pela visita!