terça-feira, 8 de julho de 2008

Quando os stressores decidem actuar..



Hoje me apercebi que sou realmente uma mistura de incongruências... hoje me apercebi que muitos comportamentos por vezes não são congruentes com o meu estado de animo, hoje me apercebi que por mais que queira regular as minhas emoções e pensamentos é sempre um autentico desafio regular os meus comportamentos de desorganização. Nem tudo é tão linear como parece :: Já sei.. a actividade cognitiva afecta os comportamentos; a actividade cognitiva pode ser monitorizada e modificada; se pretendemos mudanças nos comportamentos estas podem ser conseguidas através das mudanças na actividade cognitiva. Já sei a tábua de regra.. Mas na verdade nunca tem sido fácil quando os máximos stressores decidem actuar. Parece que todo momento se torna improprio e as agulhas daquele relógio com pó começam a acelerar. Desta vez o relógio tem fome de contar, fome de andar, fome de deixar tudo atrás. Agora tem pressa... detesto perder o controlo das situações, detesto não poder controlar o stress que causam em mim, detesto não me conseguir habituar, detesto as imposições, detesto as recriminações, detesto palavras feias, detesto a dependência, detesto as minhas emoções mais negativas, detesto me sentir incapaz, detesto ser marioneta de 1ª fila, detesto ser objecto de falsas libertações.. Ora bem, apesar disto tudo, acredito plenamente no limite circunstancial. Provavelmente haverá muitas outras situações das quais aprender e afortunadamente sei atender ao meu sinal STOP. Sei dizer "já chega!!" Os que me conhecem já estão habituados.. O que interessa é saber que tudo afecta tudo e, como tal, todos somos influencia na vida dos outros. Provavelmente o que interessa perceber é que apesar dos sentimentos que determinadas pessoas nos podem fazer sentir, em última analise somos nós quem decide se isso nos afecta ou não. Temos sempre a última palavra em tudo. O nosso livre arbítrio é tão poderoso que é capaz até disso.. detesto os sentimentos de culpa e em última análise detesto as pessoas que o profanam!

2 comentários:

  1. Acabastes o post da maneira mais exacta,... Temos sempre a última palavra em tudo... nada pode afectar o nosso dia-a-dia se não queremos (a casos pontuais logicamente) mas podemos fazer um muro aos "stressores" para não complicar mais o que parece dificil... Força ;) bjss

    ResponderEliminar
  2. Já sei.. as vezes é relativamente complicado pôr um muro aos stressores, mas pronto.. ao menos tenta-se. Beijos*** :)

    ResponderEliminar

Que pensas sobre isto? Desejas partilhar algo parecido? Concordas ou não?
Obrigada pela visita!