domingo, 28 de setembro de 2008

O segredo de Amar...




Há uns dias atrás depois de 5 meses juntos, perguntava-me o que é o amor? Uma pergunta que muitos poderão responder das mais variadas formas. Não pretendo ser retórica neste assunto. Sinceramente, após 5 meses posso dizer que sinto o amor como uma profunda necessidade de ser "um" com o "todo", uma necessidade de dissolver-nos mutuamente. Como seres humanos estamos separados da nossa própria fonte. É dessa separação que surge o mais profundo desejo de volver a juntar tudo no seu sítio. Um paradoxo difícil de explicar.. Mas, o que é o amor?!? No seio da minha família, o amor tem sido um dos valores mais valiosos que existem na humanidade. Um valor que não precisa ser demonstrado, um valor que apenas é sentido e cultivado. O amor não tem propósito, não tem fim.. tem apenas uma imensa significação; uma alegria, um êxtase em nós próprios sem qualquer tipo de fins. Não é um negócio, não é um propósito... É apenas um encontro entre a vida e a morte, entre a noite e o dia, entre estar e não estar... De uma forma particular te colastes na minha vida. Estas aqui e agora.. num momento crucial. Te transformas numa doce sensação e compartes tudo o que tens em ti, compartes a vida, compartes o teu "ser" e o teu "estar". Deixas teu ego numa caixinha e representas “tudo ou nada”. Fluis e me fazes fluir. Amas no concreto e deixas o abstracto para outro momento.. Tal como sempre referes (metafóricamente), amas uma flor.. Uma flor frágil. Uma flor protegida e reforçada, uma flor que ao teu lado fortalece. Não é um negócio, não é um acordo.. És um homem consciente e sentes. Ambos sentimos o fenómeno de estar juntos. Estamos tremendamente sozinhos mas tão unidos que somos quase "uno". Não há nada que possa destruir a nossa individualidade. É isso o que mais sobressalta e caracteriza o nosso ser. Ajudamos-nos mutuamente a ser mais livres, sem cadeias, sem apegos... Eu te amo, não posso evita-lo. Não é uma questão de poder ou não amar, simplesmente te amo. O amor é possível assim quanto pode fluir… esse parece ser o segredo eterno de alguns e essa a verdadeira ilusão do nosso coração.

2 comentários:

  1. 5 meses que han pasado a una velocidad realmente inexplicable, dias con mas o menos tiempo para estar juntos, pero si algo tengo la certeza es de que ambos estamos centrando un sentimiento que antes de estos 5 meses existia pero de forma diferente y ahora sentimos que es algo que nos llena de alegria, el complementar de muchas cosas.

    5 meses en la cual hemos tenido la oportunidad de compartir, de reir, de salir y de hacer nuestras vidas de siempre de manera libre y sin muros ni nada del estilo, algo que paso mas alla del sentimiento y que sin poder vernos nos creemos.. sentimos nuestras verdades y nuestros corazones.

    Tienes razon, el amor fluye y fluye en su caudal bien definido, el secreto eterno existira para siempre y por siempre mi bella princesa TQM***

    ResponderEliminar

Que pensas sobre isto? Desejas partilhar algo parecido? Concordas ou não?
Obrigada pela visita!