segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Perfeição..


Sabemos que não somos perfeitos, sabemos que por mais que tentemos não conseguimos ser perfeitos em tudo aquilo que fazemos. Sabemos que cometemos erros, sabemos que aprendemos deles. Sabemos isso e mesmo assim perseguimos a perfeição… há momentos na nossa vida em que ficamos a pensar no emprego perfeito, na saúde perfeita, na casa perfeita, na comida perfeita, na conjunção perfeita de sabores, na família perfeita, no amor perfeito, no homem perfeito, nas oportunidades perfeitas… Sei que se pensamos nisso ficamos facilmente frustrados, mas que significa ter tudo na perfeição? No outro dia falava com uma amiga e as palavras dela eram bem claras: “sou infeliz por isto e por isto…”. Fiquei absolutamente convencida que não existe absolutamente nada perfeito! As aparências enganam. Dito por outras palavras, há quem tem um emprego e sente-se tão infeliz como aquele que não o tem. Tentar ser perfeitos nos limita e bloqueia a outras possibilidades. Seguimos sempre o mesmo padrão, seguimos a mesma rotina, o mesmo ritmo e sem novidades. Tudo deve estar no seu lugar, espaço e tempo preciso. O pó não pode ter vida própria e a roupa deve ficar no armário. Perde-se tanto tempo nos detalhes. Perde-se tanto tempo procurando uma perfeição que acaba tão rápido quanto sentimos que já não conseguimos controlar tudo. Os dias passam com desafios à nossa porta. A perfeição não existe, é verdade… mas acredito que cada um pode atribuir as suas vidas um significado perfeito.
"Adoramos a perfeição, porque não a podemos ter; repugná-la-íamos, se a tivéssemos. O perfeito é o desumano, porque o humano é imperfeito."
(Fernando Pessoa)

4 comentários:

  1. Olá! Gostei muito do tema e do texto, até porque a perfeição é daquelas coisas que ocupam a minha cabeça com frequência:)Acho que estamos todos de acordo que não existe nada perfeito, caso contrário não estariamos aqui.A perfeição que encontramos por vezes no namorado perfeito, na obra de arte perfeita, na aparência física perfeita e por aí adiante, é apenas uma perfeição subjectiva - todas estas coisas podem ser perfeitas aos nossos olhos num determinado momento temporal.A questão é que nada nesta vida é fixo e imutável.Assim podemos deixar de considerar o namorado tão perfeito, podemos cansar-nos de apreciar sempre o mesmo quadro e encontrar outro "ainda mais perfeito" ou passar a gostar de outros visuais. Mas uma coisa que geralmente não muda é que os perfeccionistas raramente deixam de o ser. O que varia com o tempo é apenas o grau e a intensidade. Para mim essa procura incessante de perfeição não é mais do que um desejo de ter sempre tudo sob controlo ou, para aqueles que são ambiciosos, de estar sempre entre os "melhores" em tudo. Enfim, é um tema que tem mesmo muito que se lhe diga, mas o essencial é que não existe nada perfeito. Parece-me bom fazer o esforço de nos aproximar ao máximo à essa perfeição utópica, desde que isso não implique perder-nos em pormenores desnecessários, ou transformar-nos em pessoas rígidas e inflexíveis que só pensam em controlar o mundo. É verdade que vivemos num mundo competitivo em que não chega ser apenas bom, daí que para estarem entre os melhores muitos procuram consciente ou inconscientemente a perfeição.Não sei se isso é bom ou mau, mas acho que não precisamos de competir com ninguém, basta superar-nos a nós mesmos diariamente.Acredito plenamente que só assim é que conseguimos fazer tudo o que queremos e sonhamos.
    beijinhos**

    ResponderEliminar
  2. Olá Zlati! ;) Obrigada pelo teu comentario :) Concordo plenamente com tudo.. Também considero a perfeição uma forma de ter tudo sob controlo. A verdade é que muitas vezes o controlo é apenas uma ilusão.. chega um ponto apartir do qual é impossível controlar qualquer coisa.. tudo chega ao seu limite. Somos seres humanos, erramos e podemos aprender disso. Acredito que podemos procurar "ser melhores", modificar as nossas atitudes, comportamentos e desejos. A perfeição é uma questão claramente subjectiva. O que é para mim perfeito, pode não ser perfeito para ti. O que é perfeito hoje pode não ser perfeito amanhã. Temos necessidade de "ser melhores", acho que nesse sentido estamos todos de acordo. Mas melhores a que? A quem? Acrescentastes uma questão que considero extremamente importante: superar-nos a nós próprios e evitar a competitividade inter-pessoal. Eu chamo a isso uma atitude de crescimento pessoal. Penso que desde esse ponto de vista a perfeição não poderia ser considerada uma coisa absolutamente má :) Acho que basta ter em conta que podemos errar e que as vezes nem tudo corre como desejamos que corra. Perceber que da próxima vez faremos o "melhor" que podemos, que com esforço e algumas mudanças podemos alcançar o que queremos ;)) Fica bem Zlati e até breve! beijinhos**

    ResponderEliminar
  3. oiii :) gostei do texto... fostes clara e sem duvida que a perfeição é algo que todos queremos quando nos propormos a fazer qualquer coisa, mas dificil é alcanzar dito proposito.
    Todos sonhamos é verdade com que a nossa vida fosse facil, sem strees e que seja perfeita mas para que?? assim não tinha sentido.. acredito mais na superação para tornar qualquer momento o assunto mais acorde a nosso proposito.
    Gostava de ser perfeito, mas esse titulo so a Deus pertence, cabe a nos fazer o que esteja a nosso alcançe para tentar conseguir o que nos queremos da melhor maneira ;)

    ResponderEliminar
  4. Concordo completamente JC :) Beijo grande** T.Q.M

    ResponderEliminar

Que pensas sobre isto? Desejas partilhar algo parecido? Concordas ou não?
Obrigada pela visita!