sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Adoro a nossa dança...



Com uma rápida e justa flexibilidade muitas pessoas são capazes de dizer: “estou apaixonado(a)… de ti” sem saber o que isso realmente significa.. Penso que é por isso que existem cada vez mais corações solitários que esperam encontrar alguém capaz de compreender o que isso significa. Mas será que nós (seres humanos) sabemos o que significa estar apaixonados? Será este termo relativo? Por mais ridículo que possa parecer, penso que estar apaixonados não é o mais difícil; reconhecer e agir em função dessa “paixão” é o que pode ser mais difícil para alguns. Quando sentimos que estamos apaixonados devemos complementar e dar um sentido diferente às nossas vidas. Devemos aprender a regular e a integrar as nossas emoções (tanto positivas como negativas); isto de modo a que na nova matriz relacional exista um funcionamento parcimonioso. É como um TANGO – uma dança que resulta harmoniosamente equilibrada quando dois estão em sintonia. Será que todos encontramos um bom parceiro(a) para dançar? Penso que são inúmeros os factores que cada um pode privilegiar num parceiro(a) e não pretendo ser reducionista ao apresentar a minha lista de critérios. A questão que se coloca é: como saber se estamos realmente apaixonados(as)? Considero que há timings na relação que vão permitir chegar a essa indicação. Basta apostar eficazmente na relação.. Há experiências na diáde que vão perfeitamente configurar a emoção e a representação que vamos ter do outro. Uma configuração que nem sempre apenas depende de nós e da matriz em que estamos mas também da nossa querida amiga a “oxitocina”. É da associação de múltiplos factores que surge aquilo que muitos chamam ou designam “paixão”. Eu particularmente me atrevo a dizer que a partir do momento em que, metaforicamente, não somos capazes de dançar bem com o nosso parceiro, a “paixão” começa a diminuir e/ou incluso morrer.
Adoro dançar contigo…
Sempre nel mio cuore!

2 comentários:

  1. Eu tambem adoro a nossa dança, uma dança de passos propias e que vamos aprendendo a perfeiçoar com o tempoo. A nossa dança é linda e harmoniosa por isso encanta ;) sempre juntos, sempre pendente :-) Sempre nel mio cuore !!!

    ResponderEliminar

Que pensas sobre isto? Desejas partilhar algo parecido? Concordas ou não?
Obrigada pela visita!