sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

A propósito de la crisis...


"No pretendamos que las cosas cambien si siempre hacemos lo mismo. La crisis es la mejor bendición que puede sucederle a personas y países porque la crisis trae progresos. La creatividad nace de la angústia como el día nace de la noche oscura. Es en la crisis que nace la inventiva, los descubrimientos y las grandes estratégias. Quien supera la crisis se supera a si mismo sin quedar "superado". Quien atribuye a la crise sus fracasos y penurias violenta su propio talento y respeta más a sus problemas que a las soluciones. La verdadera crisis es la crisis de la incompetencia. El problema de las personas y los países es la pereza para encontrar las salidas y soluciones. Sin crisis no hay desafios, sin desafios la vida es una rutina, una lenta agonía. Sin crisis no hay méritos. Es en la crisis donde aflora lo mejor de cada uno, porque sin crisis todo viento es caricia. Hablar de crisis es promoverla, y callar en la crisis es exaltar el conformismo. En vez de esto trabajemos duro. Acabemos de una vez con la única crisis amenazadora que es la tragedia de no querer luchar por superarla".

Albert Einstein

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Como hago?



Hoy el dia pasó lento. Desde el primer minuto en que te vi, el dia parecia querer centrifugarse. Hoy en la mañana no queria dejarte solo, no queria hacer otra cosa que no fuese estar contigo.. Fue una especie de presentimiento, fue como si mis sentidos supieran que tal cosa podria pasar. Sé que estas e estarás conmigo en todo momento.. sé que me amas y sé que te amo. Sé que son pocos dias.. ya lo sé! Te voy a extrañar igual... las rutinas contigo, cada parte de ti, cada beso de buenos dias/buenas noches, cada mirada sobre mi, cada gesto, cada forma de estar conmigo, cada particularidad de ti. Te voy a extrañar igual y sé que estarás conmigo.. Sé grandes cosas cariño, pero dime, como hago para engañar a mi corazón? Como le digo a mis ojos que no lloren por ti? Como obligo a mi ser a quedarse quieto? Hoy el dia pasó lento, queria esconderme la realidad de la noche que me espera.. Hoy no quiero que este dia termine pero ironicamente quiero que pase rápido y sea "martes"! Como hago para no sentir tanta ambivalencia? como no sentirme que estoy saliendo de tu vida? como hago para negarte que te necesito todos los dias?!? Como hago? No consigo parar de llorar.. detesto despedidas imprevistas! Disculpame pero fue una semana maravillosa a tu lado.. momentos únicos compartidos, momentos que no se olvidan, momentos que quedarán guardados en esa cajita mágica llamada memória. Estoy triste porque no esperaba pasar cuatro dias sin verte.. no puedo negarlo, estoy realmente triste!
Te amo

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

6 Verdades, 3 mentiras.. quais serão?


Mais um desafio da minha querida Zlati… Desta vez o desafio consiste no seguinte:

«Você diz 9 coisas aleatórias a seu respeito, não importando a relevância. Tendo de ter 6 verdades e 3 mentiras. Quem receber o Meme, deverá postar as 3 coisas que acha serem as mentiras do blogueiro que lhe passou o Meme».

1. Adoro ver o pôr-do-sol.
2. Já vivi nos Estados Unidos.
3. Prefiro sempre acordar com o som do despertador.
4. Adoro fazer Batuka.
5. Para ver um bom filme nada melhor que pipocas bem quentes com manteiga.
6. Sou muito indecisa à hora de vestir.
7. Ser muito calma é a característica que melhor me define.
8. Adoro os gatos.
9. Adoro massas de todo tipo.

Devo dizer que é um desafio interessante de se fazer.. E agora, quais serão as três mentiras?!? :) Passo o desafio a quem quiser...

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Um post para ti Venezuela…

Nesta noite de silêncios é com tristeza que vejo o futuro do meu lindo pais em pedaços. São memórias de tempos difíceis as que ilustram minha mente neste momento. Revivo momentos e é com mágoa que sinto a decepção do povo Venezuelano. Foi no teu berço onde cresci alcançando os logros académicos e pessoais mais importantes da minha vida. Nunca te esquecerei Venezuela. Foi contigo que aprendi o significado “real” de VIVER. Tempos que nunca mais voltarão a ser os mesmos. Vivi sonhando nas tuas praias o meu futuro... Cresci querendo fazer parte de ti; sem dúvida, sempre me destes aquilo que mais precisei; mesmo depois de quatro anos foi a traves de ti que conheci a pessoa que agora caminha ao meu lado. A pessoa que eu amo. Não foi por ti que deixei os teus braços, não foi por ti que deixei meu pais, não foi por ti… Sabes uma coisa Venezuela? Hoje estou triste! Eu sei que tens muito para oferecer… O problema é que a mente maquiavélica do “poder” te destroça sem piedade. Observo o teu dia-a-dia e fico triste! Observo com desapontamento a ameaça de um momento histórico na vida política que enfrentas.
Amarelo, sol que te caracteriza, ouro que guardas naquele sistema montanhoso majestoso; Azul, cor da mar que te rodeia constituindo as praias inigualáveis que tens; Vermelho, sangue dos precursores da tua independência. Um tricolor que está na minha sangue e na de qualquer venezuelano. Ironicamente é o vermelho a cor que hoje nos divide a todos... Aquilo que uma vez nos uniu agora é motivo de divisão e discordia. Cada dia que passa cai em pedaços as estrelas do teu tricolor. Venezuela somos todos… Venezuela é o tricolor! Sinto profundamente às consequências que poderás vir a enfrentar. Sinto o teu pedido de ajuda e sinto não poder estar contigo... Sinto o teu calor e o teu sentimento. Venezuela, és e serás sempre aquilo que eu quero que sejas... És e serás sempre a minha VENEZUELA. Desejo um dia voltar para ti e que os meus sentidos logrem identificar-se com cada canto de norte a sul; cada rua que percorri, cada amizade que deixei, cada praia em que cresci; cada momento feliz que vivi. Quero voltar algum dia e retroceder contigo no tempo. Quero voltar e que sigas sendo aquele pedacinho de vida que ficou atrás mas que está presente em cada momento. Quero ser sempre Venezuelana...


Venezuela for ever!

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Um momento mais…


Vivemos momentos inesquecíveis. Cada palavra que pronuncias, cada gesto, cada olhar, cada sorriso.. é aquela forma particular em que te comportas; é o que dizes; é o que fazes e deixas de fazer… é tudo isso o que faz de ti a tal “pessoa”. Aquela com quem desejo passar os melhores momentos da minha vida. Aquela com quem desejo partilhar as minhas tristezas e alegrias. Aquela com quem desejo dividir o meu tempo inteiro. Aquela com quem quero fechar os olhos e simplesmente deixar-me levar… Faço uma retrospecção de cada passo dado até o dia de hoje. Olho para trás e sinto o batimento do meu coração acelerado. Não sei o que dizer, cada momento, cada memoria se traduz num sorriso tímido que não sei como explicar… Oiço o telemóvel a tocar, vejo uma mensagem que ainda não li. És tu.. estas aqui!! Estas ao meu lado caminhando sem conhecer o fim da estrada… caminhamos sabendo o que queremos; queremos o melhor para os dois. Caminhamos porque vivemos o poder da nossa verdade. Verdade mútua e cristalina como a água do mar Caribe. Não é mera coincidência... Adoro-te.

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Hoy quiero confesarme..

Hoy, un día maravilloso. Lo sabes y lo sé… Un día casi completo a tu lado. Un día que recordaré para el resto de mi existencia. Hoy aprendí a verte de perfil y seguir con mis ojos la silueta que deja tu rostro sobre mis dedos. Es un momento que se duerme en el pestañar de tus ojos y son tus gestos los que hablan y transmiten la sintonía de nuestros labios. Eres la presencia en mis brazos, eres las manos queriendo arañar lo prohibido; eres sutileza de toques, tactos y caricias milimetradas. Me llenas con tu simple presencia. Sentía la falta de días como los de hoy. Días em que simplemente estamos tu y yo. Mis dedos ya extrañaban tu cabello y mis ojos ya se perdían buscando tu mirada. Hoy estabas aquí a mi lado, esperando por una señal de mis pensamientos. Esperando el momento súbito para que tus labios se entrelazaran con los míos buscando espontaneamente la armonía de un solo sentir. Buscas siempre el sentir que se acopla a “uno solo” en un solo momento. Mis oídos gritan por el beso susurrado, gritan por el aire que estabiliza mi cuerpo; llamo por tu nombre y encuentro las características de una personalidad única y encantadora. Hoy quiero confesar que estoy enamorada! 

sábado, 14 de fevereiro de 2009

Un dia más para decirte que te amo!

Hoy es 14 de Febrero de 2009. Para mí, un día más en el calendario para poder decirte que te amo. Me quedo escandalizada cuando veo las personas buscando en las tiendas ropas, regalos y hasta haciendo planes para pasar este día. Me quedo perpleja cuando veo el significado que algunos han atribuido a este día. Me parece vergonzoso que la sociedad actual necesite de un día en el calendario marcado a rojo y con corazones para recordarse de decir Te amo a la persona que esta a su lado. Lo que pienso es que este es un día en donde los actos de hipocresía se ponen en manifiesto con mucha frecuencia… Quiero decir con esto que probablemente es un día especial como cualquier otro. Es especial… Saben? No me gusta hacer de este día el único día especial. Si tengo que decir la verdad, la verdad es que no necesito de un día específico para decir lo que pienso o siento.
Si tengo que continuar a decir la verdad, la verdad es que desde que estas en mi vida, todos los días son especiales. Hoy no quiero jurarte amor eterno y mucho menos decirte lo mucho que te amo. No quiero hacerlo solo porque supuestamente hoy es el día para hacerlo. Hoy quiero decirte que te amo porque es lo que siento. Hoy apenas quiero ser yo cuando estoy contigo. Hoy no quiero sorpresas. Hoy no quiero regalos. Hoy solo quiero sentir tu presencia.. solo quiero un momento para verte a los ojos.. Hoy solo deseo contemplar tu sonrisa. Hoy quiero abrazarte. Hoy quiero lo mismo de todos los días… Hoy quiero que seas solo tu mismo. Te adoro!

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Finalmente de férias..


Hoje finalmente mal consegui fazer o meu último exame e já sentia com ímpeto a chegada de umas merecidas ferias. Sinto-me livre e acredito que vou ter tempo para descansar o suficiente desta época de exames. É agora que quero poder colmatar com a tua presença as minhas saudades de ti.. é hoje que quero dar inicio a isso mesmo. Quero dizer “Obrigada!” e ficar calada. Quero emitir com apenas uma palavra os meus mais sinceros agradecimentos por TUDO; por absolutamente tudo aquilo que representas na minha vida. Quero olhar para o céu que nos acompanhou durante o dia e dar início a esses momentos contigo. Esses momentos de silêncio que guardam o registo de um cenário que apenas nós conhecemos… Não posso evitá-lo, são estas as palavras que saem na ponta da língua no final de um dia como hoje. Simplesmente quero fechar instantaneamente meus olhos deixando atrás qualquer sensação de preocupação e de seguida poder dizer amo-te . Resumindo, quero apenas viver!

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Verdade..


Neste plano existencial tenho comprovado que não existe apenas uma única verdade. Todos temos a nossa verdade; aquela que nos faz viver plenamente. A minha verdade (meu objectivo) não é o mesmo ao de todos os que se encontram a ler neste momento estas linhas. Cada um tem a sua própria verdade... Por vezes nos tropeçamos com aquele tapete (que eu chamo verdade) e desejamos escrever em maiúscula. Desejamos dizer em voz alta… Por vezes vivemos o desprazer, o aborrecimento, o absurdo, o que é insubstancial e incluso aquilo que desejamos apagar da nossa mente. Vivemos e nesse espaço kilometrado encontramos a nossa grande verdade; encontramos justamente a simplicidade de viver com outros olhos a nossa própria verdade. Não precisamos ler livros, não precisamos conhecimentos, crenças nem sequer experiências... Livros, conhecimentos, experiências, memórias… isso tudo apenas nos cega da luz que podemos ver no nosso interior. Tenho aprendido que a vida é como um livro aberto que fala de si próprio. Desejo que neste livro continuem havendo maiúsculas que me permitam falar alto..

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Coincidências...



É difícil explicar as meras coincidências.. Ainda hoje consigo lembrar-me à perfeição daquele dia chuvoso na semana passada. Ainda sinto aquele palpite/intuição que me levou a fazer aquilo que fiz (sair de casa na hora certa). Nessa altura o meu “self-control” estava no seu lugar certo, mas nunca pensei que poderia vir acontecer algo chamado “coincidência”. O mais assombroso é que sinto como estas “coincidências” estão acontecer cada vez com mais frequência e, quando acontecem, parece ser muito mais do que uma questão de mero acaso… Fico sempre a pensar: como é possível? Fico sempre com aquela sensação de que as nossas vidas estão sendo guiadas por qualquer força inexplicada. Uma força que une o percurso do nosso caminho misteriosamente adivinhado por nós. Como se paralelamente a nós existissem outros processos a actuar. Como se nada se limitasse à nossa própria percepção e entendimento. O teu sorriso contagiante, os teus braços reconfortantes, o teu olhar atencioso, a presença de um instante convertido em magia basta muitas vezes para dar resposta às nossas coincidências..

sábado, 7 de fevereiro de 2009

Desafio dos meninos da Zlati..



Ora bem, ultimamente é só desafios.. Adoro ser desafiada!

1º - Agarrar no livro mais próximo
2º- Abri-lo na página 161
3º- Procurar a quinta frase completa
4º- Publicar essa frase no meu blog
5º- Passar para cinco pessoas, à escolha.

O livro que por acaso estava mesmo perto de mim hoje ao acordar foi "A profecia Celestina" de James Redfield. Curiosamente ontem estive a ler um pouco este livro antes de me deitar. Um livro que foi oferecido há um par de meses atrás. Relativamente à frase, devo dizer que escolhi uma frase que está na pág. 161, mas que não é a quinta frase completa... simplemesmente é aquela frase que eu considero particulamente certa.

FRASE

"Todas as pessoas manipulam as outras, para obter energia, quer de uma maneira agressiva, obrigando-as directamente a prestar-lhes atenção, quer de uma maneira passiva, jogando com a simpatia ou a curiosidade das outras, mas sempre com o objectivo de atrair a sua atenção".

Não é um livro dificil de ler. É um livro cheio de curiosidades e, apesar de ainda não ter acabado de ler, penso que trás consigo verdades com um grande repertório para o crescimento espiritual e pessoal.
Agora passo o desafio para os seguintes blogs:
- Blog diario de JC (José Carlos)
- Meu cantinho (Roséli)
- 5HT (Rui)
- Fashion Box (Cristiano)
- Paper Field (Diana)

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Fugacidade..


Hoje acordei querendo beijar o sol, acordei com vontades de abraçar o teu apreciado amor de mãe. Acordei com um nó na garganta cheio de felicidade.. Acordei mais cedo do habitual, acordei porque te queria ver.. acordei com forças (aquelas que sempre me dás). Sei que hoje não é Dia da Mãe, mas mesmo assim quero te agradecer por estares presente em cada momento da minha vida. Por me ensinares a ser quem sou, por sacudir-me e fazer-me ver o horizonte que preciso de ver, por guiar meus passos na escuridão, por cuidar de mim mesmo depois de adulta, por preocupar-te comigo, por saberes ser mãe a cada momento, por todo o suporte incondicional, compreensão e disposição.
Sinto que o tempo passa e aprendo apreciar determinadas coisas na vida. A minha mãe é uma dessas grandiosas coisas...

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

ULTIMO EXAME

Dias consecutivos de grande apetite.. dias em que TUDO é tentador para os meus olhos.. Estou a comer sem parar. Quero parar... O meu padrão alimentar nos últimos dias tem uma única explicação, a ansiedade acumulada por ter que estudar 11 capítulos para um exame como o de Neurobioquimica. Entre receptores dopaminergicos, noradrenergicos e serotoninergicos.. antidepressivos, estabilizadores do humor, convulsivantes, etc, etc.. estou comendo de tudo que é imaginável.. O meu frigorífico fica escandalizado ao sentir o meu andar perto da cozinha. Que horror.. Só quero estudar tudo, conseguir perceber os capítulos que ainda me faltam por estudar e não me esquecer dos pormenores dos capítulos que já estudei. Que odisseia é ter que estudar para Neurobioquimica.

domingo, 1 de fevereiro de 2009

Desafio... Eu em música!

Um desafio da minha amiga Zlati…
As regras são:
1.Colocar uma foto minha
2.Escolher um artista ou banda favorita.
3.Responder às questões, que se seguem, utilizando títulos de canções do tal artista ou banda escolhida.
4.Passar o desafio a 4 pessoas.

Não consegui escolher uma banda ou artista favorito. O que de facto consegui foi identificar músicas que de alguma maneira conseguem descrever aquilo que sou.

És homem ou mulher: “Man, I feel like a woman!” – Shania Twain
Descreve-te: “My way” – Frank Sinatra cover by Robbie Williams
O que é que as outras pessoas pensam a teu respeito: “I don’t care” - Apocalyptica
Como descreves a tua última relação: "Nothing else matters" - Metalica
Descreve o estado actual da tua relação: “Take my hand” – Dido
Onde gostarias de estar neste momento? “Mirando el mar” – Amaia Montero
O que pensas a respeito do amor? “I Don't Wanna Miss a Thing” – Aerosmith
Como é a tua vida? “Simple things” – Joe Cocker
O que pedirias se apenas tivesses um desejo? “Anything” – The Calling
Escreve uma frase sábia: “Be yourself” – Audioslave

Passo o desafio a quem quiser experimentar!! De facto foi uma daquelas experiências únicas que sempre que quisermos podemos voltar a repetir. Não somos iguais ao longo do tempo.. com este desafio consegui ver exactamente isso. Consegui situar-me em diferentes momentos da minha vida.
Obrigada pelo desafio Zlati...