quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Fugacidade..


Hoje acordei querendo beijar o sol, acordei com vontades de abraçar o teu apreciado amor de mãe. Acordei com um nó na garganta cheio de felicidade.. Acordei mais cedo do habitual, acordei porque te queria ver.. acordei com forças (aquelas que sempre me dás). Sei que hoje não é Dia da Mãe, mas mesmo assim quero te agradecer por estares presente em cada momento da minha vida. Por me ensinares a ser quem sou, por sacudir-me e fazer-me ver o horizonte que preciso de ver, por guiar meus passos na escuridão, por cuidar de mim mesmo depois de adulta, por preocupar-te comigo, por saberes ser mãe a cada momento, por todo o suporte incondicional, compreensão e disposição.
Sinto que o tempo passa e aprendo apreciar determinadas coisas na vida. A minha mãe é uma dessas grandiosas coisas...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Que pensas sobre isto? Desejas partilhar algo parecido? Concordas ou não?
Obrigada pela visita!