sábado, 23 de maio de 2009

Se isto é um sonho, quero acordar...


Campo perpétuo de silêncios, uma grande incógnita para quem nunca viveu na solidão do silêncio rotundo. Olhar perdido, noites em harmonia com as notas de um velho piano; sentidos coordenados, postura serena. Corpo e mente relaxados na multidão dos objectos, bombardeamento emocional que me faz sentir confusa… estou e não estou; faço mas fico quieta; desabafo mas fico calada; sinto frio mas está calor… a noite deserta ascende as luzes e deixa de ser um momento vulgar para dormir; pensamentos que jogam de um lado para o outro, mente que filtra os momentos inóspitos; são pedaços do mesmo filme que faltavam; mistura de passado e presente pintado sobre a mesma tela sem motivo nem valor aparente.
Se isto é um sonho, quero acordar! 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Que pensas sobre isto? Desejas partilhar algo parecido? Concordas ou não?
Obrigada pela visita!