terça-feira, 14 de julho de 2009

Um beijo..


Terá sido uma questão de mero impulso? Com o carro desligado e depois de um delicioso passeio estava eu frente ao volante. Incrível… Tinha tido uma bela condução. Tu depois de abrir a garagem chegastes ao pé da minha porta, abriste-a e começastes de seguida a explicar cada detalhe dos movimentos realizados por mim. Parecias concentrado e enquanto realçavas aspectos que considerastes limpos na minha manobra, totalmente relaxado, buscastes o espaço entre a porta e o banco principal do carro… Depois de te sentares, continuastes explicando…. Eu não ouvia absolutamente nada. Em vez disso, olhava para ti. Naquele espaço minusculo, observava cada expressão, cada movimento dos teus braços, cada articulação dos teus lábios, cada delicadeza que imprimias nas palavras que pronunciavas. Prestava atenção para cada olhar precipitado sobre mim, os quais conjugavam a necessidade de te sentires mais próximo. Aos poucos te apercebestes que as tentativas de convencer-me do meu bom trabalho na condução eram escusadas e que naquele momento algo diferente tinha que ser dito/feito. Lentamente a tua voz foi desaparecendo enquanto olhavas para mim e os meus lábios procuravam encontrar a relação perfeita entre os dois…  
Foi assim como lentamente roubei um beijo dos teus lábios… e tu adorastes!

2 comentários:

  1. :) momento unico.. sensacion inolvidable :) tqm* muchoooo

    ResponderEliminar
  2. no tengo nada más que decir.. fue único :) tqm*

    ResponderEliminar

Que pensas sobre isto? Desejas partilhar algo parecido? Concordas ou não?
Obrigada pela visita!