quarta-feira, 2 de setembro de 2009

(In) Real



Hoje “Ella” em busca daquilo que lhe acontecia chegou a conclusão que só pode estar alucinando. Dizem que alucinar é o mesmo que ter visões ou sensações não reais produto da mente. Será que “Ella” foi capaz de alucinar por gostar muito de uma pessoa? A verdade é que “Ella” viu a silhueta dessa pessoa, sentiu o seu perfume e ouviu palavras sussurradas ao seu ouvido. “Estou alucinando contigo?” – pensou “Ella” no meio da noite. Surpreendida, o seu coração batia aceleradamente; o assombro invadiu os ossos congelados de medo. “Ella” pôs-se a pé, olhou de um lado e do outro.. o seu quarto estava vazio (“El” já não estava aí), ficou sentada a espera que voltasse aparecer mas isso não aconteceu… “El” só lhe deixou uma experiência insensata e carente de sentido comum.  
Cá para mim todos alguma vez na nossa vida
alucinamos de alguma maneira
Terá “Ella” alucinado?

4 comentários:

  1. Por Vezes queremos tanto alucinar assim...

    ResponderEliminar
  2. Pois é Miss J, as vezes é mesmo.. Obrigado pelo comentário! Beijinhos**

    ResponderEliminar
  3. Sera o pensamento de um "soño" ligado a outro??, pode ser que sim, pode ter sido que num espaço os dois "soñaron" o mesmo na mesma noite??, tenho a certeza que sim :) ...

    "Ella" e "El" separados fisicamente, mas unidos de pensamento e de amor :) tqm

    ResponderEliminar
  4. Não sei se é possível, nunca se sabe.. até pode ser! tqm :)

    ResponderEliminar

Que pensas sobre isto? Desejas partilhar algo parecido? Concordas ou não?
Obrigada pela visita!