segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Só um momento...


Só preciso de um momento para voltar atrás, um momento para evacuar as velhas memorias, aquelas que como dardos penetram no momento actual. Um momento para despir o sentimento ambíguo, polarizado, constrangido e tentar roçar com os dedos aqueles pensamentos no alto da montanha, aqueles que são inalteráveis... rasgando o passado e vivendo nele a cada instante como resultado de uma falta inevitável de sentir... 

É assim como hoje confusa estou!

domingo, 19 de dezembro de 2010

Comidas na época de natal...


“Que o alimento seja o teu primeiro medicamento!” terá afirmado Hipócrates.

Esta sábia máxima, objecto de reflexão durante séculos sobre a higiene da vida, é hoje mais que nunca actual. Em todos os tempos, o homem teve consciência da importância da sua alimentação para ganhar e manter a sua saúde. Determinadas civilizações, nomeadamente, as civilizações do Extremo Oriente, ainda lhe prestam muita atenção. Eu faço um chamado de atenção para todos nesta época em especial do ano em que a disposição para comer parece aumentar quatro vezes mais do habitual. Comam moderadamente, tendo especial cuidado com as gorduras, os alimentos saturados e os doces em exagero... o vosso corpo vai agradecer!

sábado, 18 de dezembro de 2010

Ando desaparecida...


Com o termino das defesas de estágio e tese tenho andado um pouco desaparecida do mundo da blogesfera. Descansar tem sido a minha principal prioridade desde que acabei com toda esta fase na minha vida. Contudo, não deixo de estar atenta às publicações dos jornais, dos sites e outros meios de procura de emprego. A pesar de estar afastada ainda dou conta do que se esta a passar pelo mundo. Sei que vai soar irónico, mas a partir de Janeiro sou uma recém graduada em Psicologia Clínica que procura um estágio profissional que seja reconhecido pela Ordem dos Psicólogos Portugueses. Este facto é caótico sabendo que as ofertas são "quase nenhumas", isto por não dizer que "não existem". Com este cenário à minha frente, então decidi dar um impasse à procura do famoso Estágio Profissional e dedicar algum tempo para mim, para minha casa, minha família, meu namorado... etc, etc. Neste sentido, nos últimos dias tenho andado de passear, caminhar, ler coisas que gosto e que já não lia há uma eternidade pela minha falta de tempo, organizar meu quarto, mudar as minhas prateleiras cheias de livros, arrumar os apontamentos de 5 anos de carreira... relaxar, pensar tranquilamente nas minhas alternativas futuras e em fim... pensando que isto ainda está a começar, tenho andado a fazer tudo aquilo que por motivos óbvios não tinha conseguido fazer. Muitos poderão estar a pensar, mas devias já estar a fazer alguma coisa... e estou, acreditem que estou a fazer muito. Estou a tratar de mim e preparando-me para o que se avizinha. Sinto-me neste momento bem, cheia de energias, com optimismo face ao futuro e com muitas vontades de começar o ano próximo com o pé direito. 

Este post é dedicado para todos os que sentem saudades das publicações deste blog.
É apenas um aviso de que estou viva e a reorganizar a minha vidinha! :)

domingo, 12 de dezembro de 2010

Curiosidades#12


Com alguma frequência podemos encontrar casais que referem ter-se habituado à relação que mantêm com o companheiro(a). Este processo de habituação aos estímulos (sejam internos ou externos) eu diria que tende acontecer cerca de 90% dos casos. Na minha perspectiva isto acontece quando as relações evoluem e, especialmente, quando aparece na vida do casal a monotonia e a rotina, fazendo com que a resposta inicial que tanto impacto causava um no outro diminua ou inclusive desapareça. Contudo, a valorização que cada um faz deste processo não é a mesma, enquanto para uns é algo positivo e normal, para outros é vivida como algo negativo e inaceitável. Eu costumo dizer tal como Honorato De Balzac "o amor não é apenas um sentimento, também é uma arte". Portanto, apesar da valorização que o companheiro(a) faça da relação, eu aconselho por ser sempre útil e bem acertado, introduzir novos estímulos, novas actividades, novas formas de comunicar, expressar o que sentem... mas acima de tudo que não falte originalidade, singeleza e um toque pessoal. Estes ingredientes fazem toda a diferença.

... quando se esta numa relação é preciso também
 ser criativo e não deixar que a monotonia vos invada!
Este é meu conselho para todos os que procuram
manter uma relação!

Bom domingo para tod@s.. 

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010


Para ser mais feliz, rodeia-te de pessoas felizes!!

Por vezes basta ver um sorriso para ficar completamente contagiado...
Por vezes basta um olhar diferente no meio de tudo para fazer a diferença...

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Desafio 7 Perguntas, 7 Respostas...e 7 Blogues

Devo confessar que tal como já têm dado conta, ando um pouco desligada da blogesfera, mas tem sido por bons motivos...

Hoje dei-me conta de um desafio que já foi lançado pelo Blog Black & White...

7 Coisas para fazer antes de morrer:
1) Viajar, viajar pelo mundo fora...
2) Aprender a tocar guitarra
3) Ter um emprego na área que eu mais gosto!
4) Ter novamente um animal de estimação em casa
5) Comprar uma casa
6) Casar e ter filhos
7) Ajudar a quem mais precise...

7 Coisas que mais digo:
1) "Ok"
2) "Que horror"
3) "Eu não percebo... a serio"
4) "Pois.."
5) "Ya voy..."
6) "hmm... sabes que?"
7) "Incrível..."

7 Coisas que faço bem:
1) Organizar
2) Ouvir
3) Apreciar os pequenos detalhes
4) Ter uma mentalidade aberta para determinados aspectos
5) Discutir boas ideias
6) Manter a calma perante situações de grande stress
7) Sorrir a gargalhadas quando estou bem disposta...

7 Defeitos:
1) Despistada/esquecida
2) Pouco flexível em determinados domínios
3) Exigente comigo mesma
4) Por vezes demasiada "boa pessoa" com quem não merecem
5) Precisar de ver "actos" em vez de ouvir apenas "palavras" para acreditar em alguém
6) Dificilmente falhar nas minhas primeiras impressões (principalmente quando são impressões negativas)
7) Ansiosa

7 Qualidades:
1) Amável
2) Boa Amiga
3) Responsável
4) Pontual
5) Proactiva
6) Organizada
7) Educada
 

7 pessoas para responder ao desafio:
1) Blog Diário de JC
2) Paper Field
3) Lígia Guerra Pensando às Av3ssas
4) Poetic Girl
5) Momentos
6) Meu Cantinho
7) 100 palavras não chegan
...e todos os que quiserem aceitar o desafio!

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Mistério com as mulheres latinas...

 
 Existe um curioso mistério relativamente às mulheres latinas que eu ainda não alcancei perceber muito bem. Porque raio é que nós (mulheres latinas) somos vistas como mulheres "fáceis"? Detesto esta percepção distorcida que os homens têm das mulheres latinas. A verdade é que nós somos diferentes do resto das mulheres, temos as nossas particularidades. Cada país é diferente e, como tal, as mulheres são também diferentes. Contudo, parece que a nossa amabilidade, simpatia e feminilidade causam um impacto estranho nos homens que nunca antes conviviram com uma mulher latina. Basta apenar ouvir-nos falar ou caminhar e expressar qualquer ideia para chegar a pensar que estamos sendo provocativas ou no pior dos casos que estamos atirando-nos a eles. Por amor de Deus... Já ouvi falar tanta coisa errada das mulheres latinas (só por terem uma personalidade mais extrovertida e descontraída) que até me causa vergonha e desilusão.
Até podem ser das "mais boas" (tal como alguns costumam chama-las), mas há uma coisa que detesto nisto tudo e é a falta de respeito com que as mulheres podem ser tratadas por apenas referirem que são "latinoamericanas"


Já chega meus Senhores!
detesto sobregeneralizações e
detesto os julgamentos sem noção nem conhecimento...

Great Chinese State Circus - Swan Lake

Incrível, I like it... 

domingo, 21 de novembro de 2010

Músicas novas preferidas #13

 
Adoro esta música, espero que gostem tanto como eu..
uma música para ouvir compulsivamente...
lovely... 
Enjoy it!!

sábado, 20 de novembro de 2010

Acabei, acabei, acabei...

É com uma grande felicidade posso dizer que já ACABARAM as minhas preocupações com a tese e o estágio. Finalmente acabei aquilo que para mim era muito importante, uma fase da minha vida acabou, alcancei uma meta que hoje consigo abraçar entre meus braços, sentido-me aliviada e com um bom "feeling". Toca repensar na minha vida, o que penso fazer a partir de agora... empreender um novo rumo ao meu destino! :) E é assim como me sinto hoje... simplesmente FELIZ. 

Porque?


Porque é que existem pessoas mal-agradecidas nesta vida?
Porque é que existem pessoas que depois de receberem a nossa ajuda dão-nos as costas?
Porque é que existem pessoas que apenas nos procuram quando precisam e querem algo de nós?
Porque é que quando estão bem nem se lembram de nós?
Porque é que sempre a mesma história?
Porque é que não pode haver um bocadinho de sentido comum?
Porque é que hoje fiquei revoltada com "alguém" sem saber porque?

Porque é que não consigo lidar bem com as injustiças?

Porque é que eu não apreendo de uma vez por todas que ninguém interessa-se pelo nosso bem-estar?

Porque será que estou hoje cansada da hipocrisia, duplas personalidades e amizades falsas?

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Cuidados Masculinos #3



Há certos cuidados masculinos que são também importantes, sem necessariamente estar relacionado com a sua própria higiene pessoal. Eu diria que faz parte dos completos destes cuidados e que dizem muito acerca do homem.. penso que todos eles devem procurar sempre que possível manter um olhar congruente. Sim, muitos estarão a pensar: mas que raios é isto? O que tem a ver? Como é que se mantém um olhar congruente? Ora bem, "olhar congruente" foi o nome auto-imposto por mim... por isso, basta saberem que por olhar congruente entende-se todo o conjunto de olhares que são apropriados a determinados momentos/circunstâncias. Não há coisa mais carente de sentido, quando um homem fica a olhar para nós com ar de sobre-dotado (sou a última pepsi do deserto!) ou quando ficam com um olhar selectivo em determinadas partes do nosso corpo, enquanto falam connosco... Olhares que não são nada congruentes com a situação específica em que se encontram... A verdade é que alguns destes olhares até podem fazer destes homens autênticos tarados sexuais... O contacto ocular é uma linguagem forte que vai muito mais além de uma função fisiológica. Há muitos olhares meus senhores que podem indelevelmente chegar a ser intimidativo, invasivo e cortante (mas porque?), porque não se adequam e carecem de contexto apropriado. Logicamente, cada situação é uma situação... 

Dito de outra maneira controlem o vosso olhar, 
sejam mais discretos e subtis...
Não estou a querer dizer que devem evitar olhar,
simplesmente convido-vos a ter mais cuidado com
o modo como o fazem em determinadas circunstâncias!

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Músicas novas preferidas #12

 
Uma das minhas músicas preferidas que tenho ouvido ultimamente... 
espero que gostem tanto quanto eu!
(para ti...)
Enjoy it!! 

domingo, 14 de novembro de 2010

Curiosidade #11: Cosméticos


O Ministério da Saúde estabelece novos requisitos para a composição de produtos cosméticos para reduzir riscos de alergias. O constante progresso técnico e a necessidade de assegurar um elevado nível de protecção dos consumidores impõem a aplicação rigorosa das mais estritas condições de segurança quanto aos elementos que compõem os produtos cosméticos.

Na minha humilde opinião,
quanto menos cosméticos a mulher
de hoje em dia utilizar, tanto melhor!!

sábado, 13 de novembro de 2010

Conversa no final do café...


Esta foi outra daquelas conversas que são para memorar algum dia. 
A propósito de estar a tomar café com os meus pais:

 O meu pai: Vamos indo então? (dirigindo-se à minha mãe)
Ele: ... bem, já está na minha hora de ir trabalhar...
Minha mãe: filha, eu vou às compras e depois vou para casa (dirigindo-se para mim).
Ele: tu vais com os teus pais ou vens comigo?
Minha mãe: eu vou comprar poucas coisas no Continente, não precisas de vir comigo para me ajudar com as compras...
Eu: ok, então vou contigo e deixas-me em casa (dirigindo-me para ele).
Ele: Ok, eu levo-a comigo...
Minha mãe: A levas para casa, porque só poderás leva-la contigo quando cumprires com as tuas obrigações...
Eu: ahahahaha...
Ele: Ahh, claro... não foi nesse sentido! (um pouco tímido)
Minha mãe: Ohh, meu filho estou a brincar, vão as vossas vidas :)
(a minha mãe tem destas coisas, é demasiado sincera... mas eu gosto dela assim
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Enquanto vinha no carro com Ele fiquei a pensar nesta conversa e sorri inevitavelmente. 
É interessante o raciocínio da minha mãe, pois para ela o dia em que eu saia de casa para viver com alguém (neste caso com J.), ele deve saber que tem determinadas obrigações que cumprir em antes. A coisa se põe cada vez mais interessante à medida que os anos passam... o que o J. não sabe é que as obrigações das que a minha mãe falava não têm nada a ver com aquilo que ele poderá estar a pensar. Mais além do que muitos poderão ainda estar a pensar neste preciso momento, existem aspectos para minha mãe que mais do que obrigatórios são fundamentais que existam tanto de um lado como do outro.

Este dia acabou da maneira
que eu menos esperava :)

Músicas novas preferidas #11


Talento Venezuelano! É incrível como há músicas que com apenas ouvi-las conseguimos imaginar um cenário específico, uma cultura, um estilo de vida completamente diferente. Aquele do qual eu venho...
"Por eso ven, ven, ven... que yo me porto bien"
Hoje não deixo de cantar isto aos quatro ventos...
porque adoro o ritmo da música, as palavras utilizadas em determinadas frases e além disso a boa disposição que me transmite...

Enjoy it!! 

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

hoje...


...a chuva também cai por dentro.

Porque por mais que gostasse que as coisas fossem diferentes, parece que há sempre um bom aliado do meu falso destino que me impede que aquilo para o qual sinto-me capaz de fazer o possa concretizar.
Porque por vezes vemos pela janela, 
que a chuva não só molha o vidro, como também molha o nosso rosto.

(vazio, insegurança, incapacidade, intolerância, incompreensão e frieza)
é isso o que sinto neste dia de chuva! 

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Egoísmo vs Altruísmo

A pesar de que existem mentirosos neste mundo e pessoas mal-intencionadas, as investigações demonstram que estes são minoria em comparação com a percentagem de pessoas que mostram cooperação e altruísmo. O que parece acontecer é que uma má experiência com uma pessoa, tendencialmente, acaba por gerar desconfiança nas relações que mantemos com o resto (generalizamos). Penso que se ao longo da nossa evolução como seres humanos o número de pessoas egoístas tivessem superado o número de pessoas com tendência para a colaboração, seguramente, vivêssemos numa sociedade em que os primeiros seriam maioria. Quando centramos a atenção num problema, a sensação da frequência e importância aumenta. A imprensa e os meios de comunicação, além dos paradigmas e conceitos filosóficos, estão a procura de uma análise do negativo, e isto não ajuda a ressaltar em nada os aspectos positivo do ser humano, excepto em contadas ocasiões. Um jornal com demasiadas noticias positivas não vende!! O debate parece estar ainda em aberto entre os científicos, mas os resultados de vários estudos (Felix Warneken e Michael Tomasello) mostra que existe uma componente, essencialmente, altruísta e cooperativa nos antropóides e hominídeos (incluindo-nos). Contudo, em determinadas ocasiões, o ambiente pode activar as tendências egoístas, como mecanismo adaptativo perante um contexto em que a grande maioria é mentirosa e egoísta, uma vez que ser altruísta neste caso poderia colocar em perigo a sobrevivência do organismo.

Interessante, não?
Na minha perspectiva, nós (seres humanos) podemos ser altruístas por natureza,
mas sinto que cada dia há generalizações do mecanismo com tendências egoístas.
Uma situação que parece-me prejudicar não só a nossa sociedade,
como também a do futuro dos mais pequenos! 

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Que triste...


Há pessoas que apresentam uma certa incapacidade de mentalidade aberta, seguimos implementando os mesmos paradigmas de há um século atrás... quando é que nos vamos dar conta que há coisas que podem ser feitas de formas diferentes e causar um melhor impacto? 
Toca virar a página e inovar... toca ser diferentes, ser nós próprios, ser ORIGINAIS.
Que difícil é tentar deixar uma marca desta pequena diferença e não conseguir porque há limitações nesta sociedade que o impedem...
Sejam bem-vindos ao mundo real (que triste!!!)

Rotina diária #8


Já algum tempo que não faço BATUKA. Hoje estabeleci que vou começar novamente com a minha rotina diária de BATUKA, uma mistura de música, dança e exercícios físicos à mistura que eu adoro. Nada melhor do que uma batukada para ficar cheia de energia e boa disposição. Se alguma vez já experimentaram devem saber que é das coisas mais extraordinárias e se ainda não o fizeram convido-vos a fazer, vão adorar!!

Porque há coisas que fazem
parte da nossa rotina diária e esta é
sem dúvida uma das minhas novas rotinas diárias preferidas!

domingo, 7 de novembro de 2010

Curiosidade #10: Grande parecido



Digam lá, se não se parece a Vin Diesel o vocalista dos Daughtry?? 

 

Apenas para relembrar...


...que não há nada mais verdade do que esta frase na Bíblia:

"... com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós" 
(Mateus, 7-2)

Mais tarde ou mais cedo todos os que obram mal em algum momento das suas vidas recebem a dose certa do seu próprio veneno!

sábado, 6 de novembro de 2010

Cuidados masculinos #2


Sem dúvida, penso que todas as mulheres vão concordar comigo quando digo que resulta essencial que os homens coloquem creme nas mãos, braços e inclusive pernas. Porquê não? Muitos homens estarão a pensar neste momento "... mas para que? Eu não preciso de nada disso..". Antes de mais nada, vale a pena sublinhar que o creme não foi feito única e, exclusivamente, para as mulheres. Nós (mulheres) provavelmente crescemos sabendo que o creme é fundamental para manter hidratada, com bom aspecto e uma textura suave a nossa pele. Contudo, os homens cada vez mais precisam de ter também este cuidado. Os tempos em que os homens apenas punham creme quando iam à praia já acabou. O corpo humano (tanto feminino, como masculino) e em especial à nossa pele está constantemente exposta a diferentes câmbios ambientais (sol, frio, humidade, etc.). Como tal, a nossa pele precisa sempre de um cuidado extra no nosso dia-a-dia. Já agora, não se esqueçam que ao tocar uma mulher, estas gostam mais do que qualquer outra coisa, sentir um tacto suave, delicado e perfeito... o qual apenas se pode conseguir tendo alguns pequenos cuidados. 
1. Uma vez por semana, coloquem umas gotas de gel de banho e uma colher pequena de açúcar na palma das mãos, esfreguem bem por todas as mãos e lavem com abundante água. A pele fica suave e é o exfoliante natural mais eficaz para retirar as células mortas da nossa pele. 
2. Coloquem todos os dias depois de tomar banho creme. Aconselho não usarem cremes oleosas, pois a pele masculina tendencialmente é bastante oleosa. Optem por cremes para pele normal. 
Divirtam-se, mimem-se e sejam felizes!!

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Captando um momento...


É na simplicidade do olhar de cada um dos que estão neste momento à minha volta que procuro a inspiração adequada para escrever estas pequenas linhas. Hoje estou num ambiente que já não vivia há anos. A biblioteca está repleta de alunos universitários a estudar, a preparar os seus trabalhos e discutirem amigavelmente os seus pontos de vistas. Sentada nos sofás vermelhos da biblioteca, eu limito-me a tentar acabar alguns pormenores da apresentação da minha tese, mas o curioso é que me resulta difícil estar neste meio e não reparar que sem querer encontro-me a reviver alguns momentos do passado; aqueles em que passava bons momentos a tentar escrever uma frase perfeita para aquele paragrafo do trabalho X ou Y. É mesmo isso… encontro-me instantaneamente a evocar momentos da minha vida de estudante universitária com a Z. Hoje por primeira vez desde que acabei de escrever a minha tese sinto-me com saudades desses tempo... altura em que nem remotamente passava pela minha cabeça como seria quando acabasse o meu curso.

Olly Moss



'Harry Potter e os Talismãs da Morte - Parte I (2010)' - O artista gráfico inglês Olly Moos realizou desenhos de roupa, capas de revistas e até cartazes cinematográficos. Seus desenhos minimalistas têm sido utilizados para promover funções de filmes em festivais de cinema como o Fantastic Fest ou o Rolling Roadshow. Achei interessante este em particular, do filme que será brevemente uma estreia...  

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Cuidados masculinos #1


Existem cuidados diários, semanais ou mesmo mensais que os cavalheiros por costume devem ter com o seu aspecto físico... e os que não pensam nisso, é melhor começarem a pensar seriamente em alguns pormenores fantásticos que fazem toda a diferença. Aprendam a mimarem-se um bocadinho, serem felizes e quem sabe também podem fazer feliz a alguém!! Primeiro que nada, penso que todo cavalheiro deve ter o cuidado de tomar banho todos os dias... Sim, toooodos os dias!! Digo isto porque há homens que esquecem este pormenor, tomar banho é das coisas mais básicas da higiene pessoal de todos (incluindo também das mulheres). Deixem-me sublinhar ainda que, por norma, o suor masculino é bem mais forte que o da mulher, os homens costumam transpirar 5 ou 7 vezes mais que as mulheres no seu dia-a-dia... neste sentido, não podem esquecer que tomar banho é das coisas mais fundamentais que não podem (por nadinha) faltar neste mundo. 

Divirtam-se e relaxem-se a tomar banho...

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Agradecimentos...

Hoje quero mostrar aquela parte da minha tese que já falei uma vez por aqui... 


Há trajectos na nossa vida que são diferentes quando conseguimos caminhar com alguém ao nosso lado. É por isso que no fim deste percurso quero agradecer a todos os que me acompanharam e fizeram deste caminho uma viagem possível.

- Quero agradecer à professora Sónia Gonçalves, por ter orientado este trabalho, por acreditar em mim, pela constante disponibilidade…

- Quero agradecer às escolas, pela oportunidade de realizar este trabalho de investigação e em especial a todas as crianças e mães que participaram neste estudo, sem as quais não teria sido possível a sua realização…

- Quero agradecer aos professores das turmas, por mostrarem-se interessados no estudo e por disponibilizar tempo das aulas para a recolha dos dados… 

- Quero agradecer a Deus, por toda a fé e confiança que depositou em mim nos dias mais desesperançados…

- Quero agradecer aos meus pais (M. e C.), por todo o vosso apoio moral incondicional, pela dedicação e compreensão que sempre demonstraram… 

- Quero agradecer às minhas irmãs (L. e P.), que apesar de estarem longes estiveram presentes ao serem o meu melhor exemplo a seguir… 

- Quero agradecer ao meu J., por tudo o que fez para me ajudar, pela disponibilidade, atenção, compreensão e paciência. Tens sido o meu companheiro, amigo, complemento e suporte em todo momento… 

- Quero agradecer a todos meus amigos que estão perto e os que estão longe… pelos momentos de partilha e motivação, pelas alegrias e pelos momentos em que também precisei desabafar com alguém as minhas preocupações…

- Quero agradecer à Z., pela companhia e amizade desde o 1º ano do curso de psicologia, com quem vivi muitas etapas neste percurso e me mostrou uma amizade sincera…


Agradeço a todos pelo apoio e incentivo!

domingo, 31 de outubro de 2010

Curiosidade 9#: Já precisava

Inner Energy by Cherybery
Nos últimos dias tenho dormido mais do que é habitual... quase 10 horas de sono por noite. Isto é uma dose para quem tem andado a dormir tão pouco nos últimos dias. O incrível disto tudo é que hoje acordei tão bem disposta (dormi de maravilha) e sinto-me capaz de fazer mil e uma coisa!
 O tempo lá fora esta cinzento, a chuva não para de cair, mas eu estou óptima
É como se o sol tivesse saído na mesma hoje...

Um bom domingo para todos!! 

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Já está entregue...

Hoje finalmente entreguei a teses  

Depois de exactamente um ano e três meses cá está o resultado do meu trabalho!
Parece como se me tivesse tirado um peso de cima... parece como se me sentisse mais aliviada depois de ter entregado. Hoje é o dia em que não decido fazer absolutamente mais nada, decidi tomar um breve descanso. 
Por hoje estou OFFLINE de tudo!!

terça-feira, 26 de outubro de 2010

O tempo passa...

O tempo vai passando a toda luz... o tempo se esgota!
Faltam poucos dias para entregar tudo (tese e relatório de estágio)
Nesta fase é quando mais cansada e ansiosa estou... uma mistura de noites mal-dormidas e uma sensação de nervosismo porque um dia mais tarde ou mais cedo terei que mostrar, vender e defender o meu melhor trabalho realizado no último ano e poucos meses... Parece como se algo demasiado determinante/importante está por acontecer na minha vida... 
A todos os que já passaram pelo mesmo, não sabem quanto os percebo! 

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Uma conversa...


Há diálogos que por vezes acabam em coisas como estas...
Ele: Já é tarde, é melhor eu ir andando...
Ela: Tens tempo...
Ele: Eu sei mais já é melhor ir andando dadas as circunstâncias...
Ela: Tens razão, eu percebo...
Ele: (arruma tudo e dirige-se à porta)
Ela: (como de costume o acompanha para se despedir)
Ele: Tú hoje pareces um pouco cansada, precisas de dormir...
Ela: Tal vez... 
Ele: Já é tarde e são 7 horas no mínimo de sono... 
Ela: são 8 horas no mínimo de sono...
Ele: são 7 horas, isso foi o que disseram no outro dia num programa de televisão...
Ela: mas eu preciso de 8 horas... as necessidades de cada um é diferente...
Ele: eu não me importava passar essa hora de diferença na cama se estivesse contigo...
Ela: (silêncio, enquanto se distanciava...) 
Ele: (silêncio, enquanto mais se aproximava...)
 Ela: interessante...
Ele: não me importava mesmo que fossem 10 horas, 12 horas ou tal vez um dia inteiro na cama contigo...
Ela: (cara de assombrada) acho que não precisavas de dormir assim tanto...
Ele: mas eu não digo que sejam todas essas horas para dormir...
 Ela: ahahahaha...
Ele: upsss... (seguido por um beijo discreto)
Ela: Vá, tens que ir...
Ele/Ela: (silêncio rotundo e beijo de despedida) Até amanhã!!
São este tipo de diálogos em que acabamos com um sorriso na cara, mas é da criatividade e imaginação que podemos ter numa conversa simples com alguém num determinado momento...

domingo, 24 de outubro de 2010

Curiosidade #8: Pela paz




Foi exactamente há cerca de 75 anos que foi fundada a Organização das Nações Unidas, cujo objectivo seria o e deter guerras entre países e fornecer uma plataforma de diálogo. 
É curioso como este objectivo continua sendo tão vigente como desde 1945. 

Para todos os que agem pela paz no seu dia-a-dia!
Bom domingo...

sábado, 23 de outubro de 2010

I'm not hungry...

Porque é que existem pessoas que comem, mesmo quando não têm fome?  
Eu tenho uma possível explicação para isso... um principio básico na nossa alimentação é que comamos quando sentimos fome, mas existem também outras circunstâncias que nos podem levar a comer. Tal vez a desculpa mais conhecida seja... Oh! Estou a comer porque estou nervosa! 

A este tipo de comer eu costumo chama-lo de "comer emocional" - comemos porque não encontramos estratégias mais adequadas que nos ajudem a lidar com esse estado emocional de nervosismo. Mas resulta que na minha perspectiva a fome é uma condição activadora de um sistema chamado "sistema de vinculação" - quando somos pequenos procuramos proximidade com a figura materna, porque esta será a nossa principal fonte de alimento e a além disso quem nos colmatará essa necessidade de fome, contudo, quando estamos pequenos também podemos manifestar outras necessidades (como por exemplo, dormir).... mas a questão central é que as mães não são adivinhas e em vez de colmatar a nossa necessidade de sono com aquilo que seria suposto ser mais adaptativo para dormir, dão-nos de comer, comer, comer, comer... é assim como quando estamos pequenos somos levados a comer sempre que sentimos algum mal-estar, deixando de estar atentos ao que é realmente importante quando iniciamos uma refeição (a fome). O curioso disto tudo é que crescemos e continuamos a comportar-nos como se tivéssemos ainda a nossa mãe ao lado dando-nos de comer para conseguir dormir!!! (wrong...)

A minha sugestão é a seguinte sempre que comecem a comer seja lá o que for, perguntem-se em primeiro lugar porque é que estão a comer nesse momento??? Tal vez assim consigam a resposta e com alguma sorte uma estratégia melhor para lidar com o verdadeiro motivo pelo qual se repararam a meter comida na boca sem ter fome...  

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Exausta...


Ora bem, já estou quase acabar a minha tese e o meu relatório de estágio... os dias parecem curtos, as noites inquietantes e o cansaço é acumulado... sinto-me cansada e estou a precisar de dormir um pouco melhor!

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Menú #3. Espinafres com arroz branco e frango

 Espinafres, outro dos meus vegetais preferidos, adoro comer de qualquer forma... 
hoje foi assim que o comi, com arroz branco e frango com cebolas e pimento! :)

Curiosidade #7: Hora de dormir



Como já é costume todos os dias antes de me deitar costumo ligar a televisão do meu quarto 15 min. no máximo (o tempo que demoro para ficar adormecida nos últimos tempos). Geralmente ligo a TV uma vez por dia, pois não tenho hipótese para mais... ontem surpreendentemente não estava a dar nada de interessante nos meus canais habituais, por isso decidi espreitar em outros canais e então foi aí que me deparei com um programa de televisão (não vou dizer como se chama, como é óbvio), que deu para perceber num instantinho uma grande verdade: as mulheres podem ser as principais responsáveis pelo modo como os homens se comportam hoje em dia nos seus relacionamentos. O que me parece absurdo é que mesmo sendo as mulheres as principais responsáveis por isso, são elas mesmas as que depois querem muda-los (ahh.. claro! - devem estar a pensar algumas). Só para terem noção de algo, nós (mulheres) somos capazes de fazer dos homens o que a grande maioria deles são hoje em dia, mas o mesmo acontece ao contrário. Considero que nós não conseguimos mudar a ninguém (desistam disso), o que eu acredito firmemente que pode acontecer é que nós (mulheres) podemos influencia-los para que melhorem seja o que for na sua personalidade e forma de ser através da forma como nos relacionamos com eles (e o mesmo se pode verificar ao contrário!), porque tal como a minha avó já dizia: o homem faz a mulher e a mulher faz ao homem!

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Curiosidade #6: Simplicidade


Uma linda fotografia tirada no Lago dos Cisnes - Braga

Meno #2. Brocolos e pescado

Um dos meus pratos preferidos, brocolos com cenoura, gamas, cebola e pimentos vermelhos...
Uma mistura de vegetais irresistíveis com pescado asado! 
Um bom almoço para todos..

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Dias como hoje...


Há dias na nossa vida que acabamos desejando ter tido um dia diferente. Há dias em que apenas desejamos ter tido uma lufada de ar fresco no meio de tanta confusão, tanta pressão e explosão... mas em vez disso, acabamos sentindo-nos que tivemos apenas um troço desse desejo e que provavelmente podíamos ter merecido um pouco mais do que tivemos oportunidade de ter. Oiçam bem o que digo: acredito que quando tudo parece correr bem é preciso fazer uma pausa e esperar a que a dada altura tudo comece andar ao contrário! Hoje foi um desses dias em que sentimos que andamos três passos a frente e dois atrás... hoje foi um dia que muito desejei que chegasse... e afinal para que? sinto-me sozinha e bastante desiludida...

Sinto-me com vontade de respirar fundo,
parar por um momento o tempo, tentar esquecer e voltar de novo!

Menu#1. Arroz com beringela e atum



Hoje quero apresentar-vos um dos meus vegetais preferidos, trata-se da beringela. Adoro tudo o que contém beringela e pode-se cozinhar de diferentes formas, fazendo com que o nosso paladar se delicie na perfeição. Um prato que gosto de preparar de vez em quando é beringela assada com arroz branco e atum. É fácil, é simples, é baixo em calorias e come-se de maravilha...
Espero que experimentem algum dia! :)

domingo, 10 de outubro de 2010

It's time to say goodbye...


 O verão já acabou oficialmente há umas semanas, mas para mim apenas acabou este fim de semana... Sim, este foi um fim de semana para despedir-me do verão e sentir-me com vontade de renovar, mudar minha rotina diária. Os que me conhecem sabem perfeitamente que adoro esta época do ano tanto como a da primavera... É altura para olhar pela janela e ver as árvores despir-se por completo, as ruas estão húmidas e o sol por mais que brilhe acaba por manter a mesma sensação fria-quente na nossa pele. Em definitiva hoje foi a altura ideal para virar o meu quarto ao contrário e arranja-lo de modo a sentir-me mais contável... os cobertores mais grossos já estão a minha espera no armário e roupas mais quentes também! 

Porque apenas hoje é que os dias de frio...
os dias do chá...
os dias dos pijamas grandes e dos cobertores grossos tocaram à minha porta
Porque para mim hoje é que começou o Outono
Bom domingo para todos!
Ao som de: 

terça-feira, 5 de outubro de 2010

For you


Porque há músicas que dizem mais do que qualquer palavra!
Adoro esta música... enjoy it

You are like a star...

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Um filme..

 
Dos melhores filmes que eu já vi na minha vida. 
Abstinência de Palavras aconselha vivamente! :) 

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

A importante influência dos pais na alimentação dos filhos...


Cada dia estou mais convencida do papel central que os pais podem desempenhar nas preferências alimentares das crianças.
A promoção dos hábitos alimentares saudáveis começa em casa. 

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Músicas Novas Preferidas #10


Uma forma diferente de dizer conscientemente o que queremos!
O amor entre duas pessoas pode ser/permanecer para sempre,
mas até que ponto efectivamente esse amor será igual para sempre?
Não conseguiria afirma de forma incerta algo que nem nós próprios sabemos se existe!
Por isso... apenas limito-me a dizer que o nosso amor é para sempre até o dia em que
sintamos que o amor já não é o de sempre...

 Adoro esta música, em particular do seu ritmo!
Enjoy it...

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

O mágico segredo do teu tacto..

É com completa liberdade que me atrevo a falar hoje do teu tacto... um tacto que eu costumo chamar de mágico. Sim, é mágico porque tudo aquilo que tocas é capaz de ser transformado! O mais interessante disto é que transformas com delicadeza, ousadia e liberdade... transformas cada passo, cada deslizar dos teus dedos transformados em tacto cheio de prazer. És capaz de ultrapassar com o teu tacto mais subtil os limites de cada momento... esse tacto subtil, chamado tacto de pluma, aquele que passa, irisa e depois transforma a superfície da minha pele numa autentica tela de pintar. Esculpes à medida, aprecias cada centímetro, cada imperfeição, cada detalhe e o transformas... O teu tacto é assim, é mágico como o pulso de um artista, é mágico como a precisão de um cirurgião. 
O teu tacto é...
... simplesmente mágico!

domingo, 26 de setembro de 2010

Curiosidade #5: A verdade oculta de um desejo



Há coisas banais na nossa vida que acontecem mesmo sem dar-nos conta... uma dessas coisas é o modo como constantemente podemos chegar a pôr em prática os desejos nas nossas acções do dia-a-dia sem nos apercebermos que no fundo era isso o que realmente desejávamos ter feito... um desejo para mim é diferente de um sonho... apesar de que muitas vezes podemos sonhar com um desejo! Um desejo é algo que devido à sua própria força pode chegar a fazer de nós autênticos malabaristas, levando-nos a ser capazes de tudo com tal de atingi-lo. "Desejo...." um verbo perfeito que com apenas ser pronunciado por duas pessoas ao mesmo tempo ganha um sentido/significado diferente. Acaba por ser um desejo mutuo, reciproco e cúmplice. Há desejos que são incompatíveis com o que realisticamente poderíamos desejar, uma espécie de paradoxo pragmático. Por ser assim é que muitos desejos causam uma grande incerteza, impaciência e medo... causam incerteza porque quanto mais o desejas tanto mais grandes são as duvidas se poderá alcança-lo... causam impaciência porque passas a ser um individuo que até não conseguir satisfazer esse desejo não podes ficar quieto... causam medo, um medo terrível de perder a identidade desse desejo.   


Devemos ter muito cuidado com "o que desejamos" 
e principalmente do "como desejamos"
Há desejos que podem ser a nossa verdadeira, inteira e perfeita perdição!

sábado, 25 de setembro de 2010

Curiosidade #4: Estou cheia de energia


Por algum estranho motivo nos últimos tempos tenho andado toda cheia de energia... uma mistura de boa actividade fisiológica, actividade cognitiva-mental e emocional. Uma mistura de energias que se concentram e me fazem sentir com "boa vibra". Não, não é nada do que possam estar a imaginar. Eu não bebo estimulantes nem nada do género... penso que esta energia carregada positivamente se deva a que estou quase acabar a minha Tese de Mestrado e muito sinceramente é o resultado de uma atitude que tomo todos os dias de manhã ao acordar.
Hoje mais um dia para tratar de alguns pormenores da tese 
e utilizar produtivamente os efeitos deste somatório de energias...
Bom fim-de-semana para todos!!

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

A diferença entre um amigo e um amigo Venezuelano

Hoje fiquei com saudades, saudades dos velhos amigos! Estas saudades chegaram assim como se nada e sem pedir licença. Sim, hoje recebi no meu mail uma bela comparação entre amigos e amigos Venezuelanos que me fez sentir saudades... saudades disto tudo!!

Um amigo é aquele que nunca te pede comida…
Um amigo Venezuelano é a razão pela qual organizas una comida!
Um amigo pergunta-te então tudo bem?
Um amigo Venezuelano diz-te que tens óptimo aspecto, abraça-te e beija-te!
Um amigo chama aos teus pais senhor e senhora…
Um amigo Venezuelano chama aos teus pais “mi viejo” e “mi vieja”! - tradução: meu velho(a) - uma forma carinhosa de chamar às pessoas de mais idade.
Um amigo pode nunca ter chorado contigo…
Um amigo Venezuelano tem chorado contigo por qualquer coisa!
Um amigo manda-te flores e uma postal quando estás internado no hospital...
Um amigo Venezuelano fica a dormir numa cadeira a tu lado!
Um amigo pede-te algo prestado e devolve-te-o aos dois dias…
Um amigo Venezuelano pede-te algo prestado e para a semana esquece-se que aquilo não é dele!
Um amigo oferece-te o sofá para dormires na sua casa...
Um amigo Venezuelano dá-te a sua cama, deita-se no chão e não te deixa dormir em toda a noite conversando contigo!
Um amigo sabe unas coisas acerca de ti…
Um amigo Venezuelano poderia escrever um livro com as cosas que lhe tens contado de ti!
Um amigo leva-te "Nyquil" quando estás resfriado...
Um amigo Venezuelano faz-te uma sopa de frango e da-te os remédios que lhe ensinou a avó, inclusive é capaz de te fazer um avião com a colher para que tomes a sopa toda!
Um amigo bate à porta para que lhe abras…
Um amigo Venezuelano abre a porta, entra e depois é que diz: ¡cheguei!
Um amigo pede-te que faças um café...
Um amigo Venezuelano passa à cozinha e faz o café e até é capaz de pedir açúcar ao vizinho em caso de tu não teres em casa!
Um amigo pode ser por algum tempo…
Um amigo Venezuelano é para toda a vida!
Melhor impossível.. adorei!! :)

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Curiosidade #3: Guardar ou não guardar luto?


Tenho uma triste noticia que desvendar, a minha avó faleceu na semana passada. Uma morte terrível para uma senhora que estava com bom aspecto de saúde. Morreu e deixou os seus seres queridos... alguns choram, outros nem uma lágrima derramam (como eu) e outros fizeram espectáculos para tentar chamar a atenção dos que lá estavam a chorar a partida da minha avó...  
Eu não chorei nem uma única lágrima, não porque não senti-se dor ou tristeza... simplesmente me custa exprimir o que sinto diante das pessoas, muitas vezes é em solitário e/ou apenas na companhia de alguma almofada que as lágrimas podem correr pelo meu rosto. E as minhas lágrimas nem sequer são porque a minha avó já não está cá connosco, choro porque conheço bem a história dela, uma pessoa que sofreu muito como emigrante na Venezuela, com um marido alcoólico e seis filhos para manter. Uma história dura e difícil que me causa resignação à sua morte. Todos sabemos que nunca foi aquela avó carinhosa, compreensiva e querida, mas ela era assim fruto das suas próprias experiências de vida... hoje só peço que onde quer que esteja, que descanse em paz!
Nos últimos dias tenho vindo a estar confrontada constantemente com esta pergunta: guardar ou não guardar luto? Mostro-vos aqui a minha perspectiva do assunto: para mim o luto nem sequer deveria existir, luto para que? para deprimir? para desesperar? Morrer é das coisas mais naturais na nossa vida, faz parte do ciclo de vida de qualquer ser humano... é doloroso, é triste, é desconfortável, é inimaginável.... Sim, mas a vida continua depois disso e tenho certeza que a vida da pessoa que morre também continua noutra dimensão. Para que guardar luto, se com isso apenas estamos a evitar que o espírito da pessoa que morreu evolua? Quando choramos a uma pessoa morta ela fica pressa a vida terrestre, é algo egoísta da nossa parte querer a uma pessoa pressa a nós podendo estar em outra dimensão crescendo e evoluindo... é esta a minha perspectiva. Por isso, para os que provavelmente estarão a perguntar-se: então tu não guardas luto? Não, não posso guardar luto por uma pessoa que eu quero... guardo sim é respeito pela sua partida! Não quero dizer com isto que sou indiferente à morte de alguém, apenas aceito a realidade e limito-me a guardar respeito por essa pessoa... 
Que descanses em paz avó!

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Curiosidade #2: Reflexão do dia


por vezes é importante não dar por seguro determinadas "coisas" na nossa vida, no dia que menos esperamos podermos ser incrivelmente surpreendidos pelo destino... 

a minha humilde reflexão do dia de hoje é que é melhor nunca dizer "nunca",
 assim como também é melhor evitar dizer "sempre", porque nem sempre as coisas são eternas, assim como também dificilmente podemos evitar determinadas situações 

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Fim das minhas férias

De volta para casa...
Há uma semana exactamente que estou de férias e tenho realizado alguns registos que apenas ficaram disponíveis no dia de hoje. Isto só pode ser um bom sinal; é sinal que as minhas férias de verão desde que começaram até que acabaram estiveram preenchidas por momentos que se prolongaram no tempo, impedindo-me de cá passar para deixar uma publicação no meu blog. Hoje ainda não consigo deixar atrás as memórias construídas ao longo desta viagem; momentos inesquecíveis que hoje se evaporam e me confrontam com a culminação formal das minhas férias. Estou de volta em casa, com uma mala já arrumada, limpa e guardada no armário. Mas o fim das minhas férias é marcado também por um pequeno nó na garganta, o tempo foi esgotado; uma sensação de timeover é o que sinto... parece que passou demasiado rápido!!


Hoje confronto-me com a minha realidade, aquela que deixei antes ir embora... a realidade de uma tese ainda por acabar e apresentar. Um ano escolar que passou, mas que para mim ainda não... a realidade das dúvidas e incertezas acerca do meu futuro mais próximo.

Chegou o momento de despedir uma fase e começar outra!
Outra fase cheia de culminações e espero eu de bons resultados...
A partir de amanhã já estou de volta ao trabalho!!

sábado, 4 de setembro de 2010

Férias #5

 Vista no caminho ao Monasterio de Piedra

 Entrada ao Parque e ao Monasterio de Piedra



 Caminhos rodeados por selva e um ecossistema rico em oxigeno puro



 Queda de água chamada "cola de caballo"

 Queda de água desde o interior da montanha



 Queda de água "cola de caballo"

 "Lago del Espejo"

 "Lago del Espejo"

 "Lago del Espejo"

 Dentro do Monasterio - referência ao Cacao de Venezuela

O Monasterio era uma fortaleça da defesa dos muçulmanos. Em tempos da Reconquista (1194), Alfonso II de Aragão deu o castelo e todas las terras que o rodeavam à Ordem do Cister. Doce monges e um Abad procedentes da Abadía de Poblet, Tarragona, se trasladaram a estas terras aragonesas para consolidar a fé cristã. Foram 23 anos para construir o Monasterio (1195 – 1218). A construção se realiza nos anos de transição do Romanico ao Gótico, daí encontrarmos características na arquitectura de Ordem Gótico Cisterciense, arquitectura sóbria, austera, singela e luminosa. Os monges viveram no monasterio quase 700 anos desde 1195 a 1835. O lugar na fotografia é a "sala capitular" a mais importante do monasterio por ser a sala de reuniões


O Monasterio foi abandonado em três oportunidades: em 1808 com a guerra da Independência; em 1823 com a primeira guerra Carlista e definitivamente em 1835 com a Desamortização de Mendizábal. Esta é uma das imagens que foram profanadas em busca de tesouros. Com o abandono dos monges do Monasterio, este sofreu constantes destroços e profanações. Na imagem acima pode-se ver a imagem de "San Benito de Nursia" de estilo Barroco, exemplo claro de alguma das decapitações que sofreu o Monasterio após a saida dos Monges.  

 
Comedor ou sala de jantar dos Monges