sábado, 27 de fevereiro de 2010

Carita Linda :)


Com este tempo deprimente, 
vale a pena ouvir este tipo de música :)
Parece que se ganha outro espírito!
I love it..

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Penso que todos temos barreiras de uma ou outra forma. Mesmo quando trabalhamos muito em nós próprios e despejamos os obstáculos que existem na nossa vida, seguem sempre aparecendo novas barreiras e novos impedimentos. Aquilo que eu costumo chamar de "desafios pessoais" para lidar. Uma coisa que tenho aprendido a ver com algum cuidado no meu percurso como estagiária é a maneira com que muitas pessoas encontram defeitos em si próprios, os quais os levam a acreditar que não valem o suficiente como pessoas, independentemente do foco do seu problema. Esta perspectiva cria inevitavelmente novas barreiras na aprendizagem de algo diferente, estancando o processo de mudança e mantendo o problema seja ele qual for.. 
Porque há coisas que parecem fúteis,
mas que acontecem quase
automáticamente sem dar conta!

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Um almoço!

Couveflor e cenouras a cozer em 10 min.
Posterior gratinado no forno com cogumelos,
cebola, tomate, pimentão vermelho, aipo e queijo (opcional).. 
Em 10 min, um almoço rápido com vegetais...

Pode-se acompanhar com qualquer tipo de proteínas!
I love it..

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Somos mais do que isto...


Ele: estou contente de te ver, acredita... 
parece que passou muito tempo!
Ela: acredito que sim... 
Ele: acreditas?   
Ela: sim, acredito que estejas contente de me ver.. 
Ele: (silêncio) 
Ela: acredito, sabes porque? 
Ele: como é que sabes?
Ela: sei por dois motivos... 
Ele: continuava em silêncio, olhando delicadamente..
Ela: primeiro, os teus olhos não me enganam e, 
segundo, se eu estou contenta de te ver, 
imagino perfeitamente que tu também o estejas!!

Porque há dias que passam demasiado rápido  
deixando a sensação de saudade! 
Parece que somos inseparáveis...

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Virtude#1 Acção


A acção é para mim uma virtude que não deve faltar na nossa vida. Acção, do verbo “agir”, implica não deixar invadir-nos pelo medo subordinado dos efeitos e resultados das nossas próprias acções. Ser capaz de viver a vida desde a perspectiva do protagonista, quem participa no próprio desenvolvimento dos acontecimentos e quem tem a capacidade de desvincular-se dos resultados das suas próprias acções seja ela qual for, porque qualquer acção livre de objectivos é na sua essência uma acção impecável.

"A acção é tanto a vida da alma como do corpo"
George Meredith

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Little by little - Oasis


We the people fight for our existence
We don't claim to be perfect
But we're free
We dream our dreams alone
With no resistance
Fading like the stars we wish to be

You know I didn't mean
What I just said
But my God woke up
On the wrong side of his bed
And it just don't matter now

Cos little by little
We gave you everything
You ever dreamed of
Little by little
The wheels of your life
Have slowly fallen off
Little by little
You have to give it all in all your life
And all the time I just ask myself why
You're really here

True perfection has to be imperfect
I know that that sounds foolish but it's true
The day has come
And now you'll have to accept
The life inside your head we give to you
 
Hoje acabo o meu dia ao som desta música!
Simplesmente perfeita para começar este fim-de-semana e acabar mais uma 6ªfeira...

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Dias cheios de trabalho...

Estou cheia de trabalho e a ler este excelente livro de Janet Treasure, Schmidt e Van Furth!
Para quem gosta de ter uma perspectiva completa das perturbações
do comportamento alimentar aconselho vivamente esta leitura :)

Momentos#3



Se llena de deseo de estar contigo.. Es mi corazón el que se llena porque cada vez que te ve al rostro aúpa de alegría y emoción
Ella está ahí en su cuarto, cubierta entre sábanas de algodón caliente. La silueta de su cuerpo se acopla cómodamente sobre la extensión del lado derecho de su cama. Su almohada escucha su suave respirar al mismo tiempo que le entrega el silencio necesario para restaurar sus energías. Sobre la cama pétalos de rosas rojas que son fácilmente perceptibles por los sentidos de Ella.. el olor es inigualable, no hay forma de escapar a ello. Sus sentidos despiertan a medida que el roce de mis dedos pasan por su piel..

Recordando y estoy sin mejores palabras...

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Virtudes


Desde que tenho uso de consciência tenho ouvido falar desta palavra. Hoje decidi recuar um pouco no tempo e procurar o verdadeiro significado da palavra “virtude”. O que é para ti uma virtude? Para mim, uma virtude é um conjunto de características universais que utilizamos de forma inconsciente para conseguir progredir e aprender adequadamente na nossa vida. Uma virtude tem para mim a essência do espírito de uma pessoa, a qual nunca deve perder-se apesar das variações que possamos ter ao longo da nossa vida. É algo como mudar de embalagem mas conservar a mesma fragrância! 



Por isso meus amigos, mudem aquilo que queiram mudar mas se há coisa que devem continuar a cuidar são as vossas virtudes! 
  
Este post continuará… 

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Momentos #2

Na habitação serpenteia o aroma de várias fragrâncias, uma combinação fruto do amor desmedido fundido nas velas vermelhas durante a noite. Eles ainda dormidos naquela casa, no cimo da montanha, onde passaram um  fim-de-semana distante do mundo cosmopolita, recuperaram energias e desfrutaram de um descanso bem merecido, solidificando ainda mais a sua vida em conjunto. 
Aí, longe de qualquer imprevisto, aprendem a estar em sintonia um do outro, sentem os seus instintos, que se conjugam com a natureza própria, sentem o ar fresco no seu máximo esplendor, ouvem o silêncio e abraçados ao momento do despertar, ele acorda primeiro que ela... ansioso por propiciar um despertar extraordinário, decide ser ele próprio, calmamente e com o cuidado minucioso de um verdadeiro artista, despertar cada centímetro da pele daquela mulher. O seu instrumento preferido, os beijos. É assim, como ele acorda, percorrendo-a na extensão da sua estatura até chegar aos ouvidos, onde dita as palavras mágicas (bom dia!), ela acorda por completo.

sábado, 6 de fevereiro de 2010

Momentos #1

A manhã começa com o doce e terno aroma do café recentemente colado. No cimo daquela montanha encontra-se uma casa rodeada de eucaliptos e pinheiros. Aquela que na sua habitação principal queima troços de madeira, aquecendo e iluminando tenuemente o ambiente. Um momento propiciado por aquela mulher que acordou mais cedo com o fiel veredicto de ver-te acordar enquanto saboreia uma chávena de café forte, bem quente e com pouco açúcar. 
É assim como a manhã dela começa, sentada ao lado da cama, naquela cadeira de bambo, encoberta entre lençóis e com a tua camisa acoplada ao seu corpo; aquela que ainda guarda o cheiro do teu perfume e a ânsia descontrolada da noite anterior. Ela, observa-te a dormir com a tranquilidade do momento e pensando o quanto é capaz de amar-te, sente-se feliz ao teu lado, sente-se completa… sente que há momentos como estes que são únicos e irresistíveis na sua vida.
Inesperadamente os teus dedos movem-se, “estas quase por acordar” – é o que ela pensa – e enquanto isso acontece, os dedos à volta da chávena de café aquecem-se. As tuas mãos procuram o seu corpo do lado esquerdo da cama. "Já não estás aqui" – é o que muito provavelmente pensas! Abres os olhos e contemplas o ar de felicidade que só tu és capaz de identificar no rosto dela. Dás-lhe o teu melhor sorriso e ela retribuí-te com um “amo-te”, que consegues ler no silencio das curvas dos seus lábios. Colocas sobre a cama a tua mão direita, indicando o lugar exacto onde desejas que ela esteja, e como quem percebe do assunto, ela coloca a chávena de café sobre a mesa-de-cabeceira, deitando-se novamente na cama ao teu lado, mas desta vez para aquecer-se junto ao teu corpo.

Chá de Gengibre

Estou com gripe, mas hoje lembrei-me dos sábios conselhos da minha avó. Um chá de Gengibre ajuda a combater até a pior das gripes. Pois é, esta especiaria comummente utilizada como um rico aromático, pungente, picante e saboroso tempero especial nos salteados asiáticos e pratos de fruta e vegetais, é desta vez o meu escolhido. O gengibre especiaria é o rizoma subterrâneo da planta de gengibre, conhecido na botânica como "Zingiber officinale". Pensa-se que o nome botânico da planta deriva do seu nome em sânscrito, «singabera», que significa «em forma de chifre», uma característica física reflectida pelo gengibre. O interior do rizoma do gengibre pode ser amarelo, branco ou vermelho, dependendo da variedade. Está coberto por uma pele acastanhada que pode ser grossa ou fina, dependendo se a planta foi colhida quando era madura ou nova.

A verdade é que tal como a minha avó costumava dizer, esta simples raiz possui três benefícios essenciais: acção anti-inflamatória, prevenir o cancro do colo-rectal e ajuda-nos quando o sistema imunitário está doente. O seu alto conteúdo em potássio, magnésio, cobre, manganésio e vitamina B6 (piridoxina) faz isso tudo possível. A vitamina B6 especialmente ajuda a produzir anticorpos para combater as infecções.

Como fazer o chá? - é simples, a minha avó costumava dizer que para obter o sua verdadeira essência importa esmagar o gengibre com alguma pedra ou coisa parecida e depois pô-la a ferver com água durante uns minutos. Depois retira-se o gengibre e bebe-se a água como se fosse um chá! Também pode-se beber com chá-verde à mistura e um pouco de mel.  

Excelente!! 100% aconselhado..

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Sentires

Desenhas nos teus lábios um sorriso ingénuo enquanto observo a delicadeza do teu tacto sobre meu rosto. Tratas-me com sensibilidade.. acaricias ao ritmo exacto e na frequência incalculável do teu desejo. Compreendes a importância do gesto, sentes e me fazes sentir. Fluxo de energias concentradas num único "sentir" circunflexo. Sentires opostos e complementares. Tu e Eu. 

"Só podemos dar aquilo que temos em nós mesmos" - Wayne Dyer