quinta-feira, 25 de março de 2010



Hoje acabei o meu dia com a sensação de que há pessoas que precisam mesmo de ajuda para ultrapassar os seus problemas. Muitas vezes "querer" e "ter força de vontade" é suficiente para lidar com os problemas e resolve-los de uma vez por todas, mas este principio que parece básico nem sempre resulta em todos os casos. Por isso, hoje foi um daqueles dias em que o meu dia acaba ainda a pensar naquele caso, naquela mulher, naquelas dificuldades e naquelas lágrimas nos seus olhos... Posso afirmar que já vão vários dias, com casos diferentes em que fico perplexa perante a história de cada paciente. Hoje acabei o meu dia a ter pena daquela mulher... Quero desligar-me por um momento e acabar o meu dia de outra forma, mas ainda continuo a pensar se enquanto psicóloga vou ter "sempre" alguma coisa para dizer quando por desabafo as pessoas votam cá para fora tudo o que pensam e sentem? Será que serei capaz de saber o que dizer mesmo sabendo o complicado que é viver uma ou outra situação? Será que vou ser capaz de dar a volta e conseguir ajudar efectivamente as pessoas da melhor forma possível? Será mesmo? 

 Acreditem que este questionamento não representa um desafio,
em vez disso representa uma forma de confrontar as minhas próprias limitações!
(foto retira de Deviantart by Ardneks)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Que pensas sobre isto? Desejas partilhar algo parecido? Concordas ou não?
Obrigada pela visita!