sexta-feira, 30 de abril de 2010

Um aniversário em fotos!

Ás 00h da noite um telefonema guiou os meus passos até a sala da minha casa, onde em cumplicidade com alguns elementos que moram nela, apareceu esta bela rosa branca com um bilhete... 
19 de Abril, Feliz Cumpleaños! 


Adoro a simplicidade! :) Adorei o detalhe.. 

Mas o assunto não ficou por aí.. no dia seguinte, acordei com este cartaz na porta do meu quarto...
E foi assim como começou o meu despertar...


até chegar à casa de banho, onde ainda aguardavam por mim 


estas lindas tulipas que se sorriam comigo! :)


Mas o dia não podia passar sem este delicioso bolo de chocolate com morangos 
para comemorar os meus 22 aninhos.

Foi assim como o dia acabou, com um sorriso no meu rosto... 
Passei um excelente dia e dou os meus Obrigados a todos os que de alguma forma ou de outra estiveram presentes nele... Quem me conhece sabe perfeitamente que não gosto receber prendas de aniversário, embora não rejeito o que com gosto as pessoas me possam oferecer. Muito sinceramente prefiro passar o dia assim, sabendo que há pessoas importantes na minha vida capazes de fazer a diferença com o simples facto de existirem e de lembrarem-se de mim. 

(post feito desde o dia 19 de Abril, mas que só agora é que tive tempo para publicar!)

sábado, 24 de abril de 2010

Bom fim-de-semana!

Um fim-de-semana para pensar no relatório de estágio, e parece-me também a altura ideal para descansar um pouco realizando leituras interessantes que têm ficado adiadas para "um dia destes" devido ao trabalho incessante dos últimos tempos.




Um bom fim-de-semana para tod@s ao som de...

domingo, 18 de abril de 2010

Casamentos!


"A taxa de divórcio tem aumentado em Portugal, com uma subida de 8,3 por cento entre 2000 e 2008, de acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística". 

É esta a noticia que leio hoje e que me deixa espantada; fico inevitavelmente a pensar: O que é que isto significa? Na verdade, isto pode significar muitas coisas, para mim revela que os tempos mudaram e que o casamento deixou de ser para toda uma vida! Aquilo que até poucos tempos atrás era considerado um sacramento da igreja, uma bênção de Deus e uma forma de demonstrar amor eterno para toda uma vida, agora tornou-se a coisa mais banal da nossa história. As pessoas se casam e divorciam como se se tratasse de mudar de calças. Fico espantada com o próprio valor que o casamento tem vindo a assumir na nossa sociedade e isto deixa-me ainda a pensar que as pessoas já estão "fartas" de manter relações, e que grande parte delas começam com expectativas pouco realistas daquilo que realmente é ter e manter uma relação. O casamento é um processo complexo, cheio de desafios e a maior parte deles não estão previstos, daí que não hajam receitas para casamentos felizes, pois todos passam por momentos difíceis e por momentos de maior felicidade... Se pensarmos bem, com atitudes certas e atribuindo o valor que se merece, é possível alimentar uma relação! 

Quantos dos que estão a ler este post e que namoram, ou estão casados, 
sentou-se alguma vez para falar sobre isto com o seu companheiro(a)?

sábado, 17 de abril de 2010

For you



No words to say
No words to convey
This feeling inside I have for you

Deep in my heart
Safe from the guards
Of intellect and reason
Leaving me at a loss
For words to express my feelings

Deep in my heart
Deep in my heart
Look at me losing control
Thinking I had a hold
But with feelings this strong
I'm no longer the master
Of my emotions

Porque há coisas que são bem mais difíceis 
de expressar sem a letra de uma música!

terça-feira, 13 de abril de 2010

 

Excelente interpretação de John Travolta e Jonathan Rhys Meyers neste filme de acção. Ainda me lembro do primeiro filme que vi de Jonh Travolta quando ainda tinha 7 aninhos (Grease), não tem nada a ver com isto, mas sem dúvida continua a ser um excelente actor. Uma mistura de acção, suspense e bom sentido de humor! :) Por não falar em Jonathan Rhys Meyers que robou a minha atenção no filme desde inicio até o fim.

Aconselho este filme vivamente a tod@s que gostem de uma boa dosagem de acção, violência, inteligência e sensibilidade ao mesmo tempo. Uma boa semana para todos! 

domingo, 11 de abril de 2010

Adoro esta música!

 

I'd like to make myself believe
That planet Earth turns slowly.
It's hard to say that I'd
Rather stay awake when I'm asleep,
Cause everything is never as it seems... 

sábado, 10 de abril de 2010

O que é um blog?



Na actualidade quem é que não tem um blog ou já teve um? Provavelmente quem está a ler neste momento este post, estará a pensar: Isso é verdade! Facto que me leva acreditar que provavelmente já tem um blog ou já teve, mas se não tem ainda nenhum poderá estar a ponderar criar um, ou então simplesmente estará a perguntar-se: afinal o que é isso de ter um blog? 

Em português claro, ter um blog é considerado hoje em dia como uma espécie de diário em formato electrónico que pode ser criado na Internet. No entanto, um blog tem uma característica que o distingue dos diários “antigos” em geral: a interactividade, sob a forma de comentários dos leitores, que podem ou não realizar na entrada de cada post ou texto. 

Mas.. e então porque "blog" e não "diário"? 

"Blog" é uma abreviatura das palavras inglesas web (rede) e log (diário de bordo onde os navegadores registavam os eventos das viagens, principalmente ligados ao clima), ou seja, weblog, onde web representa a World Wide Web e log os registos escritos (ou noutros formatos mais modernos). O termo tem vindo a ser aportuguesado para “blogue”. 

"O meu blog começou por ser pequeno, mas logo cresceu rapidamente, post a post, até ser aquilo que hoje é, um longo registo de pequenas recordações de duvidosa importância. Foi isto que o seu dono pensou, e ponderou até apagá-lo, mas era um homem muito esquecido, e o blog tinha uma memória extraordinária"
 A moral desta história não oferece quaisquer dúvidas: 
se tens má memória, confia então mais no teu blog! :) 

quinta-feira, 8 de abril de 2010



Posso dizer que agora é que começa o trabalho oficialmente! O estágio está acabar e agora começa uma fase diferente, aquela em que todos nós (estagiários) começamos a verbalizar e escrever em papel o que realmente andamos a fazer neste tempo todo. Sim, meus amigos.. agora é que começamos a pôr o preto no branco e a nossa humilde experiência adquirida ao longo destes 8 meses de estágio começa a emergir de alguma forma. Digo-vos uma coisa, estou com uma boa sensação, pois finalmente estou acabar o meu estágio.. mas também digo-vos outra coisa, nos últimos tempos é quando mais tenho ficado a pensar no meu "depois" do estágio.  

Para acabar bem este post, apenas deixo cair o pensamento irracional 
e desta vez concentro-me mais no "agora"
Tenho que continuar a escrever!

quarta-feira, 7 de abril de 2010

O conhecido "dente do juízo"



Os dentes do juízo já começaram a desenvolver-se na minha boca e estou a ficar com dores de cabeça com maior facilmente, estou a ficar com maiores dificuldades em mastigar bem os alimentos e ainda por cima com uma irritabilidade constante cada vez que um bocadinho de comida toca as gengivas sensíveis devido à erupção dos famosos dentinhos.. 

Parece que chegou a hora de tirar cá para fora os dentinhos do juízo! 
Para já é só um que me está a deixar algo nervosa!
Ainda bem que tenho uma amiga dentista que faz toda a diferença :)
Sem ela não seria a mesma coisa!

terça-feira, 6 de abril de 2010

Resumindo os meus últimos dias..

Hoje decido resumir algumas das coisas que de facto tenho vindo a fazer nos últimos dias e que de certa forma justificam também a minha ausência neste espaço chamado Abstinência de Palavras

Devo começar por dizer que as minhas pascoas começaram numa altura mesmo IDEAL; altura em que já estava a delirar com relatórios e resumos semanais de estágio para entregar. Hoje dou por finalizadas as mini-férias das Pascoas com a sensação de missão cumprida!

Algumas coisas que fiz..  

1. A primeira coisa que fiz no mesmo dia em que saí de ferias foi ir ao cinema. De facto, fui ver um excelente filme, com uma excelente companhia... "Edge of Darkness" com Mel Gibson foi um filme que captou a minha atenção de inicio até o fim, sem deixar de me entrelaçar no drama e na paixão da acção. Aconselho-vos vivamente...


2. Viajei. A pesar do curto espaço de tempo que tinha, decidi desfrutar de uma pequena longa viagem para Zaragoza, chegando inclusive até a fronteira com a França. Fiz este percurso com um fiel objectivo, encontrar-me comigo mesma! Garanto-vos que em algures desta viagem deixei muita coisa para atrás que me estancava e encontrei novamente aquela parte de mim que muitas vezes no stress do dia-a-dia não consigo encontrar com tanta facilidade. 

3. Conheci e pisei terras de Loarre. Sim, consegui ver na extensão desta localidade o "Castillo de Lorrae". O castelo em estilo românico que se assenta sobre um promontório de rocha calcária, utilizada na defensiva contra Bolea. Actualmente, num bom estado de conservação é considerada como a fortaleza românica melhor conservada da Europa. Este castelo foi utilizado na rodagem do filme Kingdom of Heaven, de Ridley Scott. Esta majestosa vista do castelo encontra-se localizada no município de Loarre, província de Huesca, na comunidade autónoma da Aragón, em Espanha. Simplesmente espectacular! 


 4. Finalmente uma coisa que em tanto tempo conseguiu deixar-me completamente fascinada. Neste maravilhoso percurso até o castelo de Larroe, deparei-me com estas formações montanhosas chamadas "Mallos de Riglos", que constituem um paraíso para todos os que apreciam a natureza genuína. Digam-lá se não gostam desta vista?  



5. Como se fosse pouco, por primeira vez na minha vida estive a esquiar nos Pirenéus de Aragão. Diverti-me imenso e libertei grande parte das minhas energias negativas neste cenário esplêndido coberto de neve.  


Reflecti sobre minha vida pessoal, profissional e emocional. No fundo, esta viagem constituiu para mim, uma espécie de retiro espiritual, uma semana fenomenal para estar junto da minha família e para inconscientemente reencontrar-me com meu "eu interior", afastado desde há algum tempo atrás, devido a múltiplas circunstâncias do dia-a-dia. 

Porque por vezes fazemos muito mais daquilo que 
realmente pensamos que podemos fazer com muito pouco!!
No meu caso, apenas dediquei um pouco de tempo 
para mim e para aquilo que me trás paz e equilíbrio...
Viajar