sábado, 1 de maio de 2010

Be different


É a vida que muda ou somos nós quem decide mudar? Eu hoje fiquei cansada ao pensar nesta interrogante que desde meu ponto de vista carece ainda de uma resposta lógica, pois parece que depende do ângulo com que olhamos para o assunto. Da mesma forma como ficamos velhos olhando o nosso rosto ao espelho encontrando as rugas na nossa pele, produto de muitos anos de vida, é assim como ficamos quando tentamos olhar para o passado e ver a rapidez com que algumas pessoas mudaram por completo com o passar do tempo. Mudaram porque sim, mudaram sem saber o verdadeiro porque... Mudaram porque está na moda mudar e porque mais vale mudar aparentando ser o que nunca vão conseguir ser/ter de verdade, do que não mudar e perder oportunidades na sua vida. Calma aí... Não estou em contra das pessoas que mudam, simplesmente estou em contra daquelas que produzem mudanças sem possuir boas razões para isso e ainda daquelas que mudam e deixam de ser humildes, deixam de saber quais as suas origens, quais as coisas que realmente nunca deviam mudar. Detesto as pessoas que mudam e passam a ser arrogantes, aquelas que são feitas das melhores coisas (que só existem no seu mundo)! Aquelas que ao mudar deixam de ser pessoas e trocam o seu valor pessoal, passando a ser uma "coisa rara" ao pé de qualquer ser completamente "humano". Detesto essas pessoas que mudam e são capazes de fazê-lo pelo miserável dinheiro, pela posição económica, pelo emprego que tanto desejam, pela posição profissional, ou inclusive para conseguir atingir qualquer capricho/fim na sua vida... Detesto isso, detesto porque por incrível que pareça estas mesmas pessoas capazes de mudar desta maneira são capazes de mudar qualquer coisa com tal de conseguir aquilo que mais querem, incluso uma verdadeira e sincera amizade. Por isso detesto, detesto as mudanças que em vez de melhorar apenas pioram a qualidade das pessoas.  
Isto apenas é um desabafo!
Be different, don´t be one more of them...

(Photo from Deviantart by mebay) 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Que pensas sobre isto? Desejas partilhar algo parecido? Concordas ou não?
Obrigada pela visita!