terça-feira, 27 de julho de 2010

Patience

Esta música trás-me uma sensação estranha no estômago, tal vez uma etapa na minha vida, uma fase especifica em que só ouvia músicas dos GUN'S N' ROSES... o meu único e autentico total fanatismo. Ainda me lembro dos cartazes, Cd's, quadros, camisolas e montes de cadernos com fotografias cujas portadas eram só dos GUN'S N' ROSES. Tal vez uma velha lembrança de 9º ano de escolaridade, tal vez apenas uma memoria vaga das tardes e noites a estudar ao som dos acordes desta guitarra tão bem tocada pelo Slach. Ainda hoje evoco este cenário e fico super impressionada comigo mesma. Apesar dos anos que já passaram desde que esta música saiu pela sua primeira vez continua sendo sem dúvida de sombra uma das minhas músicas preferidas. Porque é a letra, é o contexto em que costumava ouvi-la, é a voz excêntrica de Axel Rose... são as memórias que ficaram congeladas no passado e que voltam a emergir com apenas poder ouvir esta música.
Enjoy it...

domingo, 25 de julho de 2010

Músicas Novas Preferidas #8

 
Uma música que tenho vindo a ouvir com alguma frequência nos últimos tempos
Completamente contagiante... 
Fire with fire, fire with fire

Now the city blocks out the sun that you know is rising,
You can show me the work that you’ve done, your fears have been disguising,
Is it just me or is everyone, hiding out between the lights,
Where will we be when we come undone? Just a simple meeting of the minds
 

Enjoy it... 

sábado, 24 de julho de 2010

Falta de algo!!



Como explicar aquilo que não tem palavras para se poder expressar na perfeição? Como explicar que há dias em que temos um nó na garganta que não nos deixa falar? Como explicar que há coisas que se agudizam porque vivemos num constante acumular de dias com acções opostas aos nossos desejos? Como explicar que quando não conseguimos é porque já não existe qualquer máscara capaz de nos ajudar a dissimular o que sentimos? Não consigo aguentar, sempre fui o tipo de pessoas que sabe dar a volta a qualquer situação. Procuro descobrir a melhor alternativa e considero-me parcialmente positiva. Mas por vezes chego ao meu limite e quando dou conta existe uma bomba atómica capaz de explodir a qualquer momento... É assim como me sinto hoje, com uma mistura de coisas na minha cabeça que precisam de ser organizadas de alguma maneira, com falta de coisas importantes que com o passar do tempo têm ficado atrás. Sinto falta dos meus amigos de sempre (que já nem escrevem para dizer Olá!), das noites de sono reparador, das coisas que me complementam, dos sorrisos, de tudo o que estou habituada a viver e que já não vivo há imenso tempo... Sinto falta de tudo, provavelmente à minha vida não se reduz a uma única pessoa ou um único aspecto. Mas por arte de magia sinto que tudo tem desaparecido ou então parece mais carente... Não há tempo para nada, nem para dizer o que se pensa, o que se sente ou o que se deseja, tudo é monotonia e as coisas importantes parecem ser esquecidas... 
Não sei.. mas hoje finalmente reconheci que sinto-me assim...
entrando numa escalada dentro deste vazio! 

Imagem by dhyali
Deviantart 

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Músicas Novas Preferidas #7

 

Esta música é uma das minhas preferidas,
sou capaz de ouvir uma e outra vez sem me cansar! :) 

Porque a letra, o vídeo e o significado próprio desta música confirma 
que a vida esta cheia de All Right Moves...   
Enjoy it...


quinta-feira, 22 de julho de 2010

Rotina diária #7


Hoje dei por de mim a tirar da bolsa umas cinco vezes o batom. Parece que nos dias de calor os lábios ficam mais secos. Hoje deu por mim a criar uma das minhas rotinas preferidas numa autentica compulsão. Nestas alturas no ano, esta é uma das minhas rotinas diárias inevitáveis, adoro pôr batom nos meus lábios com alguma regularidade porque gosto de lábios hidratados a qualquer altura do dia. 

Enquanto às cores, sinceramente no meu dia-a-dia tratam-se de cores neutras, naturais e bastante discretas. As cores vermelhas, roxo e cor-de-rosa são apenas para determinadas ocasiões :) 

Porque há coisas que fazem
parte da nossa rotina diária e esta é
sem dúvida uma das minhas rotinas diárias preferidas!

terça-feira, 20 de julho de 2010

Coisas que não percebo!!



Se há coisa que me tire do sério é quando oiço falar em traições. Raramente consigo associar esta vulgar palavras às mulheres, embora também aconteça com alguma frequência nas espécies femininas... O que me tira do sério é quando oiço falar em traição como se fosse a coisa mais natural deste mundo. Para mim não é nada natural, meus senhores... Será que há alguma coisa de errada comigo ou quê? Será que acaso os valores perderam-se? É que acaso uma família não tem valor nenhum? Causa-me revolta e indignação quando tenho conhecimento de homens que mesmo tendo uma família são capazes de tirar tudo pela borda apenas por uma noite de "boa vida" entre bebidas e na boa disposição de mulheres. Detesto ainda mais quando não têm o valor de dizer a verdade e reconhecer que foram infiéis. Vivem a mentira e o pior é que conseguem mentir descaradamente à frente de qualquer um, excepto perante quem sabe a verdade. Estes últimos são incapazes de abrir a boca para dizer seja o que for porque de fazê-lo poderia pôr em causa uma amizade. Detesto quando há homens que conseguem ser bem "machos" na cama durante uma noite de "loucura literária" mas que à hora de confrontar as consequências dos seus actos são autênticas galinhas... é que são incapazes de sentir o mais mínimo de arrependimento no recôndito espaço das suas mentes?

Muito sinceramente homens assim são seres depreciáveis
E só de vê-los ou imaginá-los causam-me nojo!!
Os problemas que tenham em casa resolvam-no em casa e não procurem
fora dela o que não perderam de maneira alguma

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Um dia para esquecer...



Há dias que são para esquecer e há outros para recordar o que queremos esquecer! 
E quando não conseguimos esquecer nada então mais vale nem tentar recordar para esquecer...

Há dias assim... super estranhos!

Fruta #4




Entre minhas frutas preferidas sem dúvida está o melão, uma fruta bastante refrescante indicado para os meses de calor. Eu adoro o melão cortado em fatias, em quadradinhos ou mesmo em forma de batido com um toque de Baunilha. É uma fruta rica em Cálcio, Fósforo e Ferro, contribuindo assim à formação dos ossos, dentes e sangue. Tem também vitamina A que protege a visão, vitamina C, que age contra infecções,e Niacina, que combate problemas de pele. Quando é maduro, o melão é bom como calmante, diurético e laxante. É também recomendado nos casos de gota, reumatismo, artrite, obesidade, colite, prisão de ventre, afecções renais, nefrite, cistite e infecções ginecológicas.


Simplesmente adorável...
A comer melão :) 

domingo, 18 de julho de 2010

A ler



Adoro tudo aquilo que tem a ver com relações... palavra cujo sinónimo mais próximo poderá ser o conceito subjacente de estar vinculado a alguém. O modo como nos relacionamos de adultos é o resultado das nossas experiências passadas e o modo como fomos gerindo os nossos recursos para estabelecer relações mais fortes ou menos fortes com as pessoas mais próximas ou menos próximas a nós. A verdade é que esta capacidade começa a desenvolver-se ainda numa idade bastante precoce na nossa vida (eu diria desde que nascemos). Para mim faz todo o sentido esta abordagem e por isso o meu interesse cada vez mais crescente sobre estes aspectos.

Porque parte da minha tese incide sobre o comportamento de vinculação das crianças em idade escolar este novo livro constitui uma das minhas leituras mais recentes...

sábado, 17 de julho de 2010

Músicas Novas Preferidas #6


Adoro esta música :) 
Com apenas ouvi-la já estou a mexer a minha cabeça e corpo todo...

Enjoy it :)  

Agradecimentos...



A minha tese vai a meio caminho, ainda falta muiiiiito para acabar mas hoje acordei com a ideia de fazer aquela folha da tese que muitos provavelmente irão saltar. Decidi fazer hoje os agradecimentos. 

Fiquei satisfeita com o resultado final desta folha e agora sinto-me mais motivada ainda para continuar a escrever! :) 

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Religião...



Quando alguém conhecido me pergunta acerca das minhas crenças religiosas, costumo manifestar que sou católica não praticante; isto significa que não sinto qualquer adversão ou recusa por qualquer pessoa que seja de qualquer religião e procure seguir as doutrinas à regra, nem sequer posso ter uma atitude beligerante na minha mente quando falo com algum deles. Não ser praticante deve significar apenas isso… não praticar qualquer doutrina imposta que nos leve teoricamente à salvação eterna. Cada um pode e deve pensar, sentir e acreditar o que melhor quiser e além disso ser capaz de mudar de ideia se a razão e o sentimento o induzir a isso. O que mais vale para mim é a crença em si e isso ninguém o tira simplesmente porque não vá a missa todos os domingos.. Algumas vezes inspira-me desprezo e repulsão o fanatismo, a intolerância e sobretudo aqueles que tratam de impor a suas crenças/atitudes aos outros, quer seja de uma forma directa ou através de manipulação. Sou crente meus amigos, mas detesto esse fanatismo. Quando os dogmas se convertem em cadeias apenas temos uma coisa a fazer… acabar com eles! Quando as doutrinas são uma carga para seguir progredindo então só temos uma coisa a fazer… desfazer-se delas! Não há nenhuma crença que possa servir para o mundo inteiro por igual, a única crença que deveríamos seguir é a nossa e essa deve seguir três princípios básicos: o conhecimento, o amor e o discernimento. Acredito na divina presença de Deus na minha vida, mas não sou fiel fã das igrejas ponto final.  

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Fruta #3


Quando se trata de frutas esta sem dúvida alguma não pode faltar no meu repertório. O ananás ou também conhecido abacaxi pode ser consumido ao natural sob a forma de fatias, quadradinhos ou mesmo em batido de ananás sem açúcar. Eu adoro qualquer uma das três formas. Hoje em dia há uma basta gama de produtos industrializados que vendem ananás, quer fatias em calda ou em suco. Eu prefiro o natural, sem dúvida alguma. O sabor é inigualável, contem cerca de 12% de açúcar e 1% de ácidos orgânicos (principalmente ácido cítrico) e além disso é considerado uma boa fonte de vitaminas A, B1 e com uma razoável fonte de vitamina C. 
No meu país (Venezuela) o ananás era um fruto que vendia-se tanto quanto o arroz. É uma fruta tropical refrescante, cuja cor agrada a qualquer um, o seu paladar é bastante ácido mas com um toque adocicado e o seu aroma é inconfundível.

Por isso a comer ananás...
 

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Novos campeões do mundo...



É deles que falo pela segunda vez neste blog... 
mas desta vez é para elogia-los pelo excelente mundial que fizeram! 
Porque são os actuais campeões do mundo e mereceram ter chegado até aqui... uma grande humildade de todos os integrantes da equipa. Eles voltam para casa mas com a copa mais desejada pelo mundo inteiro. 

Adorei de os ver ganhar...
Parabéns para toda Espanha!!!

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Músicas Novas Preferidas #5


Porque por vezes dez minutos é mais que suficiente para estar com aquela pessoa que tanto gostamos...
Porque há dias em que o tempo passa demasiado depressa e nem damos conta e desejamos que os dez minutos com aquela pessoa passem o mais devagar possível... 

Porque a música faz parte do meu dia-a-dia!
Enjoy it...

sábado, 3 de julho de 2010

Ser frontal...



Há dias em que consigo ser tão frontal, directa e insensível com aquilo que os outros pensam sobre mim e a minha opinião particular acerca de um assunto, que sou capaz de dizer aquilo que penso, sinto e considero de uma forma irracional, inoportuna e intencionalmente inadequada. Parece que esta é uma característica pouco valorizada na nossa sociedade e as pessoas preferem vestir-se de máscaras para dizer aquilo que pensam. Eu detesto isso e ao mesmo tempo não consigo suportar a ideia de ser mal-interpretada nas minhas palavras por ser precisamente directa no assunto... 

Hoje acabei o meu dia com este sentimento de desapontamento...
sinto como se tudo fosse falso e irreal à minha volta.
Sinto que mais vale dizer o que penso e magoar alguém
do que ficar calada e aquela pessoa não saber o que penso.
Hoje fui frontal com alguém e fiquei magoada por tê-la magoado...

Bom fim-de-semana para tod@s...