quinta-feira, 30 de setembro de 2010

A importante influência dos pais na alimentação dos filhos...


Cada dia estou mais convencida do papel central que os pais podem desempenhar nas preferências alimentares das crianças.
A promoção dos hábitos alimentares saudáveis começa em casa. 

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Músicas Novas Preferidas #10


Uma forma diferente de dizer conscientemente o que queremos!
O amor entre duas pessoas pode ser/permanecer para sempre,
mas até que ponto efectivamente esse amor será igual para sempre?
Não conseguiria afirma de forma incerta algo que nem nós próprios sabemos se existe!
Por isso... apenas limito-me a dizer que o nosso amor é para sempre até o dia em que
sintamos que o amor já não é o de sempre...

 Adoro esta música, em particular do seu ritmo!
Enjoy it...

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

O mágico segredo do teu tacto..

É com completa liberdade que me atrevo a falar hoje do teu tacto... um tacto que eu costumo chamar de mágico. Sim, é mágico porque tudo aquilo que tocas é capaz de ser transformado! O mais interessante disto é que transformas com delicadeza, ousadia e liberdade... transformas cada passo, cada deslizar dos teus dedos transformados em tacto cheio de prazer. És capaz de ultrapassar com o teu tacto mais subtil os limites de cada momento... esse tacto subtil, chamado tacto de pluma, aquele que passa, irisa e depois transforma a superfície da minha pele numa autentica tela de pintar. Esculpes à medida, aprecias cada centímetro, cada imperfeição, cada detalhe e o transformas... O teu tacto é assim, é mágico como o pulso de um artista, é mágico como a precisão de um cirurgião. 
O teu tacto é...
... simplesmente mágico!

domingo, 26 de setembro de 2010

Curiosidade #5: A verdade oculta de um desejo



Há coisas banais na nossa vida que acontecem mesmo sem dar-nos conta... uma dessas coisas é o modo como constantemente podemos chegar a pôr em prática os desejos nas nossas acções do dia-a-dia sem nos apercebermos que no fundo era isso o que realmente desejávamos ter feito... um desejo para mim é diferente de um sonho... apesar de que muitas vezes podemos sonhar com um desejo! Um desejo é algo que devido à sua própria força pode chegar a fazer de nós autênticos malabaristas, levando-nos a ser capazes de tudo com tal de atingi-lo. "Desejo...." um verbo perfeito que com apenas ser pronunciado por duas pessoas ao mesmo tempo ganha um sentido/significado diferente. Acaba por ser um desejo mutuo, reciproco e cúmplice. Há desejos que são incompatíveis com o que realisticamente poderíamos desejar, uma espécie de paradoxo pragmático. Por ser assim é que muitos desejos causam uma grande incerteza, impaciência e medo... causam incerteza porque quanto mais o desejas tanto mais grandes são as duvidas se poderá alcança-lo... causam impaciência porque passas a ser um individuo que até não conseguir satisfazer esse desejo não podes ficar quieto... causam medo, um medo terrível de perder a identidade desse desejo.   


Devemos ter muito cuidado com "o que desejamos" 
e principalmente do "como desejamos"
Há desejos que podem ser a nossa verdadeira, inteira e perfeita perdição!

sábado, 25 de setembro de 2010

Curiosidade #4: Estou cheia de energia


Por algum estranho motivo nos últimos tempos tenho andado toda cheia de energia... uma mistura de boa actividade fisiológica, actividade cognitiva-mental e emocional. Uma mistura de energias que se concentram e me fazem sentir com "boa vibra". Não, não é nada do que possam estar a imaginar. Eu não bebo estimulantes nem nada do género... penso que esta energia carregada positivamente se deva a que estou quase acabar a minha Tese de Mestrado e muito sinceramente é o resultado de uma atitude que tomo todos os dias de manhã ao acordar.
Hoje mais um dia para tratar de alguns pormenores da tese 
e utilizar produtivamente os efeitos deste somatório de energias...
Bom fim-de-semana para todos!!

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

A diferença entre um amigo e um amigo Venezuelano

Hoje fiquei com saudades, saudades dos velhos amigos! Estas saudades chegaram assim como se nada e sem pedir licença. Sim, hoje recebi no meu mail uma bela comparação entre amigos e amigos Venezuelanos que me fez sentir saudades... saudades disto tudo!!

Um amigo é aquele que nunca te pede comida…
Um amigo Venezuelano é a razão pela qual organizas una comida!
Um amigo pergunta-te então tudo bem?
Um amigo Venezuelano diz-te que tens óptimo aspecto, abraça-te e beija-te!
Um amigo chama aos teus pais senhor e senhora…
Um amigo Venezuelano chama aos teus pais “mi viejo” e “mi vieja”! - tradução: meu velho(a) - uma forma carinhosa de chamar às pessoas de mais idade.
Um amigo pode nunca ter chorado contigo…
Um amigo Venezuelano tem chorado contigo por qualquer coisa!
Um amigo manda-te flores e uma postal quando estás internado no hospital...
Um amigo Venezuelano fica a dormir numa cadeira a tu lado!
Um amigo pede-te algo prestado e devolve-te-o aos dois dias…
Um amigo Venezuelano pede-te algo prestado e para a semana esquece-se que aquilo não é dele!
Um amigo oferece-te o sofá para dormires na sua casa...
Um amigo Venezuelano dá-te a sua cama, deita-se no chão e não te deixa dormir em toda a noite conversando contigo!
Um amigo sabe unas coisas acerca de ti…
Um amigo Venezuelano poderia escrever um livro com as cosas que lhe tens contado de ti!
Um amigo leva-te "Nyquil" quando estás resfriado...
Um amigo Venezuelano faz-te uma sopa de frango e da-te os remédios que lhe ensinou a avó, inclusive é capaz de te fazer um avião com a colher para que tomes a sopa toda!
Um amigo bate à porta para que lhe abras…
Um amigo Venezuelano abre a porta, entra e depois é que diz: ¡cheguei!
Um amigo pede-te que faças um café...
Um amigo Venezuelano passa à cozinha e faz o café e até é capaz de pedir açúcar ao vizinho em caso de tu não teres em casa!
Um amigo pode ser por algum tempo…
Um amigo Venezuelano é para toda a vida!
Melhor impossível.. adorei!! :)

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Curiosidade #3: Guardar ou não guardar luto?


Tenho uma triste noticia que desvendar, a minha avó faleceu na semana passada. Uma morte terrível para uma senhora que estava com bom aspecto de saúde. Morreu e deixou os seus seres queridos... alguns choram, outros nem uma lágrima derramam (como eu) e outros fizeram espectáculos para tentar chamar a atenção dos que lá estavam a chorar a partida da minha avó...  
Eu não chorei nem uma única lágrima, não porque não senti-se dor ou tristeza... simplesmente me custa exprimir o que sinto diante das pessoas, muitas vezes é em solitário e/ou apenas na companhia de alguma almofada que as lágrimas podem correr pelo meu rosto. E as minhas lágrimas nem sequer são porque a minha avó já não está cá connosco, choro porque conheço bem a história dela, uma pessoa que sofreu muito como emigrante na Venezuela, com um marido alcoólico e seis filhos para manter. Uma história dura e difícil que me causa resignação à sua morte. Todos sabemos que nunca foi aquela avó carinhosa, compreensiva e querida, mas ela era assim fruto das suas próprias experiências de vida... hoje só peço que onde quer que esteja, que descanse em paz!
Nos últimos dias tenho vindo a estar confrontada constantemente com esta pergunta: guardar ou não guardar luto? Mostro-vos aqui a minha perspectiva do assunto: para mim o luto nem sequer deveria existir, luto para que? para deprimir? para desesperar? Morrer é das coisas mais naturais na nossa vida, faz parte do ciclo de vida de qualquer ser humano... é doloroso, é triste, é desconfortável, é inimaginável.... Sim, mas a vida continua depois disso e tenho certeza que a vida da pessoa que morre também continua noutra dimensão. Para que guardar luto, se com isso apenas estamos a evitar que o espírito da pessoa que morreu evolua? Quando choramos a uma pessoa morta ela fica pressa a vida terrestre, é algo egoísta da nossa parte querer a uma pessoa pressa a nós podendo estar em outra dimensão crescendo e evoluindo... é esta a minha perspectiva. Por isso, para os que provavelmente estarão a perguntar-se: então tu não guardas luto? Não, não posso guardar luto por uma pessoa que eu quero... guardo sim é respeito pela sua partida! Não quero dizer com isto que sou indiferente à morte de alguém, apenas aceito a realidade e limito-me a guardar respeito por essa pessoa... 
Que descanses em paz avó!

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Curiosidade #2: Reflexão do dia


por vezes é importante não dar por seguro determinadas "coisas" na nossa vida, no dia que menos esperamos podermos ser incrivelmente surpreendidos pelo destino... 

a minha humilde reflexão do dia de hoje é que é melhor nunca dizer "nunca",
 assim como também é melhor evitar dizer "sempre", porque nem sempre as coisas são eternas, assim como também dificilmente podemos evitar determinadas situações 

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Fim das minhas férias

De volta para casa...
Há uma semana exactamente que estou de férias e tenho realizado alguns registos que apenas ficaram disponíveis no dia de hoje. Isto só pode ser um bom sinal; é sinal que as minhas férias de verão desde que começaram até que acabaram estiveram preenchidas por momentos que se prolongaram no tempo, impedindo-me de cá passar para deixar uma publicação no meu blog. Hoje ainda não consigo deixar atrás as memórias construídas ao longo desta viagem; momentos inesquecíveis que hoje se evaporam e me confrontam com a culminação formal das minhas férias. Estou de volta em casa, com uma mala já arrumada, limpa e guardada no armário. Mas o fim das minhas férias é marcado também por um pequeno nó na garganta, o tempo foi esgotado; uma sensação de timeover é o que sinto... parece que passou demasiado rápido!!


Hoje confronto-me com a minha realidade, aquela que deixei antes ir embora... a realidade de uma tese ainda por acabar e apresentar. Um ano escolar que passou, mas que para mim ainda não... a realidade das dúvidas e incertezas acerca do meu futuro mais próximo.

Chegou o momento de despedir uma fase e começar outra!
Outra fase cheia de culminações e espero eu de bons resultados...
A partir de amanhã já estou de volta ao trabalho!!

sábado, 4 de setembro de 2010

Férias #5

 Vista no caminho ao Monasterio de Piedra

 Entrada ao Parque e ao Monasterio de Piedra



 Caminhos rodeados por selva e um ecossistema rico em oxigeno puro



 Queda de água chamada "cola de caballo"

 Queda de água desde o interior da montanha



 Queda de água "cola de caballo"

 "Lago del Espejo"

 "Lago del Espejo"

 "Lago del Espejo"

 Dentro do Monasterio - referência ao Cacao de Venezuela

O Monasterio era uma fortaleça da defesa dos muçulmanos. Em tempos da Reconquista (1194), Alfonso II de Aragão deu o castelo e todas las terras que o rodeavam à Ordem do Cister. Doce monges e um Abad procedentes da Abadía de Poblet, Tarragona, se trasladaram a estas terras aragonesas para consolidar a fé cristã. Foram 23 anos para construir o Monasterio (1195 – 1218). A construção se realiza nos anos de transição do Romanico ao Gótico, daí encontrarmos características na arquitectura de Ordem Gótico Cisterciense, arquitectura sóbria, austera, singela e luminosa. Os monges viveram no monasterio quase 700 anos desde 1195 a 1835. O lugar na fotografia é a "sala capitular" a mais importante do monasterio por ser a sala de reuniões


O Monasterio foi abandonado em três oportunidades: em 1808 com a guerra da Independência; em 1823 com a primeira guerra Carlista e definitivamente em 1835 com a Desamortização de Mendizábal. Esta é uma das imagens que foram profanadas em busca de tesouros. Com o abandono dos monges do Monasterio, este sofreu constantes destroços e profanações. Na imagem acima pode-se ver a imagem de "San Benito de Nursia" de estilo Barroco, exemplo claro de alguma das decapitações que sofreu o Monasterio após a saida dos Monges.  

 
Comedor ou sala de jantar dos Monges

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Férias #4 parte I

A Zaragoza da EXPO foi um dos meus últimos recorridos por esta cidade. A Zaragoza da EXPO é inspirada na importância do rio Ebro, sendo este o principal motor do projecto e cujo conceito se fixou nas novas formas de aproveitamento da água, com o tema "Água e Desenvolvimento sustentável".
Foi isto parte da arquitectura deste conceito.. Espero que gostem de ver: 



 Aquário



"Telecabina"

 Palácio de Congreso de Zaragoza

 "Torre del Agua" - a sua arquitectura forma uma incrível gota de água

 "Puente tercer milenio"

"Pasarela del Voluntariado"

 Rio Ebro desde "Pasarela del Voluntariado"

 Basílica del Pilar desde "Pasarela del Voluntariado"

Férias #4 parte II

A segunda parte deste dia foi no Concerto de Chayanne, para quem não o conhece trata-se de um cantor de Porto Rico, que desde sempre gostei de o ver cantar em vivo... hoje tive a oportunidade de o ver em pessoa cantando os seus grandes sucessos, bem como alguns singles do seu novo album chamado "No hay Imposibles". 

Deixo-vos aqui um pouco do que foi este concerto, um estupendo ritmo latino...

Antes de começar



Desde o inicio até o fim estive cantando as suas músicas e dançando ao seu ritmo!!
Adorei...

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Férias #3

Neste dia acordei para visitar: 

 La catedral de la SEO

 
Catedral de la SEO

 Museo de Tapices

Apenas posso referir que foi uma experiência estupenda. Nesta catedral podemos observar cinco estilos, o románico, gótico, mudéjar, renacentista e barroco. Além de poder contemplar enormes tapetes do século XV que têm sido recuperados com a ajuda da CAI (Caja de Ahorros de la Inmaculada).

Esta experiência maravilhosa também foi acompanhada pela oportunidade de ver a Zaragoza-Romana, composta por um recorrido pelo "Museo del Foro", "Museo del Puerto Fluvial", "Museo de las termas públicas" e "Museo del teatro romano"
Museo del Foro (exterior)

 
Museo del Foro (dentro)

  
Cloaca Romana
  
Museo Puerto Fluvial
Maqueta (Puerto Fluvial) 


 Museo Teatro Romano

Museo Teatro Romano

Para finalizar o recorrido do dia, de seguida fui visitar o chamado "Rosário de Cristal". Um dos actos mais relevantes das festas à virgem do Pilar (pouco conhecido fora de Aragão) e que consiste numa processão na tarde-noite do dia 13 de Outubro. A precessão personifica um rosário, com faróis de cristal. Eis aqui uma mostra dos faróis de cristais, que são lindos...   



  
 
Deste modo o dia acabou... acabou estado completamente cansada de tanto caminhar e andar pelas ruas da cidade de Zaragoza, conhecendo um pouco mais da sua história e origens. 
 Confesso que tudo valeu a pena!!