domingo, 26 de setembro de 2010

Curiosidade #5: A verdade oculta de um desejo



Há coisas banais na nossa vida que acontecem mesmo sem dar-nos conta... uma dessas coisas é o modo como constantemente podemos chegar a pôr em prática os desejos nas nossas acções do dia-a-dia sem nos apercebermos que no fundo era isso o que realmente desejávamos ter feito... um desejo para mim é diferente de um sonho... apesar de que muitas vezes podemos sonhar com um desejo! Um desejo é algo que devido à sua própria força pode chegar a fazer de nós autênticos malabaristas, levando-nos a ser capazes de tudo com tal de atingi-lo. "Desejo...." um verbo perfeito que com apenas ser pronunciado por duas pessoas ao mesmo tempo ganha um sentido/significado diferente. Acaba por ser um desejo mutuo, reciproco e cúmplice. Há desejos que são incompatíveis com o que realisticamente poderíamos desejar, uma espécie de paradoxo pragmático. Por ser assim é que muitos desejos causam uma grande incerteza, impaciência e medo... causam incerteza porque quanto mais o desejas tanto mais grandes são as duvidas se poderá alcança-lo... causam impaciência porque passas a ser um individuo que até não conseguir satisfazer esse desejo não podes ficar quieto... causam medo, um medo terrível de perder a identidade desse desejo.   


Devemos ter muito cuidado com "o que desejamos" 
e principalmente do "como desejamos"
Há desejos que podem ser a nossa verdadeira, inteira e perfeita perdição!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Que pensas sobre isto? Desejas partilhar algo parecido? Concordas ou não?
Obrigada pela visita!