sábado, 13 de novembro de 2010

Conversa no final do café...


Esta foi outra daquelas conversas que são para memorar algum dia. 
A propósito de estar a tomar café com os meus pais:

 O meu pai: Vamos indo então? (dirigindo-se à minha mãe)
Ele: ... bem, já está na minha hora de ir trabalhar...
Minha mãe: filha, eu vou às compras e depois vou para casa (dirigindo-se para mim).
Ele: tu vais com os teus pais ou vens comigo?
Minha mãe: eu vou comprar poucas coisas no Continente, não precisas de vir comigo para me ajudar com as compras...
Eu: ok, então vou contigo e deixas-me em casa (dirigindo-me para ele).
Ele: Ok, eu levo-a comigo...
Minha mãe: A levas para casa, porque só poderás leva-la contigo quando cumprires com as tuas obrigações...
Eu: ahahahaha...
Ele: Ahh, claro... não foi nesse sentido! (um pouco tímido)
Minha mãe: Ohh, meu filho estou a brincar, vão as vossas vidas :)
(a minha mãe tem destas coisas, é demasiado sincera... mas eu gosto dela assim
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Enquanto vinha no carro com Ele fiquei a pensar nesta conversa e sorri inevitavelmente. 
É interessante o raciocínio da minha mãe, pois para ela o dia em que eu saia de casa para viver com alguém (neste caso com J.), ele deve saber que tem determinadas obrigações que cumprir em antes. A coisa se põe cada vez mais interessante à medida que os anos passam... o que o J. não sabe é que as obrigações das que a minha mãe falava não têm nada a ver com aquilo que ele poderá estar a pensar. Mais além do que muitos poderão ainda estar a pensar neste preciso momento, existem aspectos para minha mãe que mais do que obrigatórios são fundamentais que existam tanto de um lado como do outro.

Este dia acabou da maneira
que eu menos esperava :)

2 comentários:

  1. ... llevo esa tarde de cafe conmigo. Aprendi algo de esos 3 minutos de amena conversa?? :) si.. y lo tengo presente... Sin duda los padres son nuestros mejores aliados y amigos, me encanta tener estas conversaciones con ella :) tqm*

    ResponderEliminar

Que pensas sobre isto? Desejas partilhar algo parecido? Concordas ou não?
Obrigada pela visita!