segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Só um momento...


Só preciso de um momento para voltar atrás, um momento para evacuar as velhas memorias, aquelas que como dardos penetram no momento actual. Um momento para despir o sentimento ambíguo, polarizado, constrangido e tentar roçar com os dedos aqueles pensamentos no alto da montanha, aqueles que são inalteráveis... rasgando o passado e vivendo nele a cada instante como resultado de uma falta inevitável de sentir... 

É assim como hoje confusa estou!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Que pensas sobre isto? Desejas partilhar algo parecido? Concordas ou não?
Obrigada pela visita!