sábado, 19 de março de 2011

Finalmente...


Finalmente, após uma semana extrema de trabalho, hoje irei poder descansar na minha cama com a cabecinha fresca e tranquila, sem pensar (para já) em prazos nem datas... Hoje acabei oficialmente a distribuição dos questionários para os Censos 2011 na minha área de residência. O trabalho foi bem conseguido na minha perspectiva, tirando os dedos das minhas mãos que ainda se recuperam de escrever códigos desenfreadamente e as minhas costas que estão algo ressentidas, posso dizer que sinto-me bem... E para ser algo bem mais completo, só me falta uma bela noite de sono reparador! 

Uma segunda fase começa a partir do dia 21 de Março para os Censos 2011. O meu conselho para todos é que tentem fazer o melhor possível e facilitar o trabalho dos recenseadores (o qual não é pouco!), façam pela Internet o preenchimento dos seus questionários. É muito mais fácil, simples, rápido e, além disso, não têm que estar atentos se as letras estão bem escritas ou não. Façam pela Internet a partir de 21 de Março, na comodidade da vossa casa e poupem o trabalho aos recenseadores de ter que ir novamente aos vossos alojamentos procurar os questionários preenchidos. Caso não tenham Internet e têm dificuldades no preenchimento dos mesmos, dirijam-se à Junta de Freguesia a partir do dia 21 de Março para pedir ajuda (levem os questionários e a senha entregues na altura da distribuição), lá estarão os recenseadores para os ajudar. Se preferem fazer em papel, tenham o cuidado de responder o mais verdadeiro possível, não saltar questões e sobretudo seguir as instruções de preenchimento localizadas tendencialmente na parte superior dos questionários. Tenham os vossos questionários preenchidos até dia 28 de Março, pois a partir desta data os recenseadores voltaram a passar pelos vossos alojamentos caso verifiquem que o preenchimento dos questionários não foi realizado pela internet. As informações dos Censos são completamente confidenciais, serão utilizados apenas para procedimentos estatísticos, não existindo portanto qualquer relação com o Ministério das Finanças. Preencham os questionários, é um dever cívico de todos os portugueses. 

Quem quiser saber mais acerca da Legislação subjacente a este processo todo, deixo-vos aqui os links: 

4 comentários:

  1. Que trabalho enorme que deves estar a ter com tudo isso!

    ResponderEliminar
  2. Olá Emma, sim.. é bastante trabalho, isso não falta ;) Contido, vale mesmo a pena pela experiência. bjos**

    ResponderEliminar
  3. Bom dia. Na divulgação do meu blog vou descobrindo pelo caminho outros igualmente interessantes. Bom trabalho. Convido a ver a minha galeria e se poder divulgar pelos amigos agradeço.

    Cumprimentos

    Francisco Santos

    ResponderEliminar
  4. Olá Francisco! Obrigada pelo teu comentário.. volta sempre...

    ResponderEliminar

Que pensas sobre isto? Desejas partilhar algo parecido? Concordas ou não?
Obrigada pela visita!