quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Maternidade...




As mudanças culturais, as dificuldades das mulheres em conseguir entrar no mercado laboral, a escassa intervenção dos poderes públicos no sustentamento familiar e as deficiências do sistema sanitário em relação à qualidade de assistência durante a gravidez, o parto e o pós-parto relegam a maternidade a um segundo plano nesta sociedade. Por este motivo, não é infrequente encontrar mulheres com imensas dúvidas acerca desta aventura da maternidade ou não. Não é por acaso que cada vez são mais mulheres de idade avançada as que ficam gravidas ou enfrentam a maternidade... Em contrapartida, é compreensível que ficar gravida com uma determinada idade seja assustador por diversos motivos (que para aqui não são agora chamados). Ser mãe implica muita responsabilidade e renúncia, desde a independência, o descanso, as saídas com liberdade, trabalho, família, amizades, vida social, mudanças físicas, etc... Uma mulher que pondera todas estas questões à hora de ser ou não ser mãe, é desde o meu ponto de vista uma pessoa responsável e consciente de tudo o que um filho pode trazer para sua vida. Não todas as mulheres estão dispostas a assumir estas mudanças e hoje em dia, em particular, graças aos métodos contraceptivos e mudanças sociais, ter filhos não é uma obrigação mas sim uma escolha. Não, não é nada do que estão para aí a pensar (não pretendo ficar gravida), a questão que se coloca aqui neste espaço é a dificuldade que muitas mulheres hoje em dia enfrentam ao decidir ser mães ou não... não é uma decisão fácil, com certeza... mas vamos lá ver, esta decisão passa por analisar concretamente quais os medos que estão associados à gravidez/maternidade; estar plenamente de acordo com o parceiro acerca desta questão, pois quando ambos desejam, ambos estão mais facilmente envolvidos no processo, compartilhando experiências, medos e expectativas; e por fim, mas não menos importante, quando se compreende que ser mãe não é algo meramente instintivo, mas sim que grande parte das coisas relacionadas com a maternidade se aprendem com o tempo ...

Este post vai dedicado a um casal amigo que 
estão felizes com esta decisão que tomaram... 
Basta olhar para eles e ficar também felizes :)
Porque ambos superaram os medos, compreenderam o significado 
de ter um filho  e hoje continuam aprendendo a ser os melhores pais do mundo...
Porque quando ambos assim querem, tudo... 
absolutamente tudo é possível!
Parabéns a eles... 

2 comentários:

Que pensas sobre isto? Desejas partilhar algo parecido? Concordas ou não?
Obrigada pela visita!