sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Para registar...

Paisagem desde São Bento da Porta Aberta - Terras de Bouro
"Uma paisagem que não poderei esquecer na minha vida... não só pela sua beleza natural, pureza e tranquilidade, mas também pelo momento em si..." 

Hoje, 16 de Setembro de 2011 celebramos três anos e quatro meses juntos... a velocidade com que o tempo passou é inacreditável, no entanto, os nossos corações foram os principais em sentir a nossa união e fortaleza durante este tempo todo. Um passeio que adorei de fazer agarrada à tua mão esquerda e que acabou com uma vista que não poderei esquecer tão facilmente. Foi frente a esta paisagem que ouvi as palavras mais sinceras, simples e vindas do seu estado interior... nada preparado, nada ensaiado, nada premeditado... é assim como eu gosto, pois aquilo que sentimos sai da maneira mais perfeita e nunca antes imaginável. Abraçado a mim (em sinal de não me querer largar pelo resto da sua vida...) demos inicio a uma nova fase na nossa relação e que terá um significado importante nas nossas vidas... 

Porque há fotografias que captam a essência de um momento e 
esta em particular é um excelente bom exemplo...

Bom fim-de-semana para todos!!

domingo, 11 de setembro de 2011

Cada vez observo mais disto...



É com alguma frequência que tenho vindo a ouvir as discrepâncias de interesses em alguns casais namorados sobre o que fazer? como fazer? em que momento fazer? Ora bem, quando se inicia e se mantém uma relação com alguém é normal (normalíssimo) que existam certas diferenças sobre os gostos, interesses, hobbies, actividades, saídas.. etc, etc. É aqui quando surgem muitas das vezes as primeiras discussões... ("eu quero cinema... tu queres andar de bicicleta"). No entanto, hoje em dia não é de estranhar a grande facilidade com que alguns conseguem até no cinema ir para salas diferentes sem qualquer problema, simplesmente, porque ambos queriam ver filmes diferentes. Isto não é de todo mau... efectivamente, uma boa fórmula dos casais é fomentar os seus "jardins privados", mas diga-se de passagem que também é importantíssimo criar actividades em grupo, compartilhar e socializar. Se um casal passa mais de metade do tempo alimentando os seus jardins privados, garanto-vos que quando voltarem a estar novamente juntos, tudo poderá ser como começar de novo... até para alguns esta é a chave do sucesso. Na minha humilde opinião isto não faz sentido nenhum, é como estar duas vidas em paralelo que dificilmente cruzam-se... e quando se cruzam é como começar tudo de novo. 
Outro assunto que tenho vindo a observar é que muitas vezes existem níveis diferentes de extroversão dentro dos casais... isto quer dizer que, por exemplo, ele tem muitos amigos, é uma pessoa que gosta de conhecer pessoas novas, etc. etc. enquanto que ela, por exemplo, é mais tímida, introvertida e gosta de actividades mais solitárias do que em grupo... Ora bem, gostar de estar sozinhos não é e nunca será algo totalmente negativo, nem incompatível com os gostos do outro, mas há que dedicar tempo para tudo. O meu conselho... expressem livremente os vossos interesses, conheçam os interesses do outro e procurem sempre que possível repartir o tempo entre "estar juntos" e com os "amigos". Aos poucos e com paciência, ambos poderão compreender a perspectiva um do outro e habituar-se a que é importante conviver socialmente com os teus/seus amigos e também ter algum espaço para eles.  
Um estudo divulgado há algum tempo atrás (e que agora não consigo precisar a sua data) mostrou que tendencialmente as pessoas procuram emparelhar-se de acordo com o seu nível cultural e de inteligência, do que propriamente pela suas características de personalidade, como é o caso da extroversão. No entanto, ao conviver com alguém, é comum saltarem algumas diferenças, mas se sabermos negociar com o outro nem tudo esta perdido.     

sábado, 10 de setembro de 2011

Essência de um momento#10 Uma frase que faz tanto sentido para mim...

Ele capta sempre a essência do momento
 "Quando alguém encontra seu caminho precisa ter coragem suficiente para dar passos errados. As decepções, as derrotas, o desânimo são ferramentas que Deus utiliza para mostrar a estrada"

Paulo Coelho

...esta frase para mim faz tanto sentido hoje em dia...

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Essência de um momento#9 ...


"...hoje falta-me a tua companhia..."

É verdade, com o passar do tempo tenho reparado que cada ano que passa, as separações por mais curtas que sejam custam. São apenas 7 dias sem poder estar contigo, mas a sensação estranha da tua ausência não passa desapercebida... é o facto de não poder tocar-te, beijar-te, olhar-te aos olhos, andar de mãos dadas e que os nossos dedos se entrelacem, sentir o teu respirar, partilhar contigo tudo (bem seja uma maça, um café, um sumo, um troço de pão ou até a mesma toalha...), o facto de fazer-me cúmplice em tudo o que fazes ou deixas de fazer. São as pequenas coisas do nosso dia-a-dia que fazem grande diferença e quando elas não estão presentes, sentimos-nos assim...  sentimos-nos com a falta de algo importante nas nossas vidas, falta-nos a essência, o complemento, o que dá vida à nossa vida. Resumidamente, falta-nos a cereja no topo do bolo para que tudo seja brilhantemente perfeito". Adoro-te muito... 
A .

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Os formandos deram-me isto...

Nunca pensei receber dos meus formandos algo parecido... fiquei admirada com este gesto e muito feliz por ter sido capaz de fazer com que todos eles tivessem uma boa experiência ao aprender Espanhol. 


quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Uma música que tocou num momento especial durante estas férias...


Enjoy it...

Resumo desta última semana de férias...

Praia de Santa Eulalia - Albufeira
A praia é calminha e bastante reconfortante...
Adoro ouvir as ondas do mar...
Gelados no fim do dia...
Um bocado de piscina... 
Descanso e piscina...
Momento de relax total, ouvindo o som do mar...
perfeito para sonhar acordado
O melhor de tudo foi a companhia...
Boa disposição e cumplicidade nunca faltou... 

Sem sombra de dúvidas, estas foram uma das minhas melhores férias...
Só me resta agora dizer "até um dia destes" e voltar de novo a realidade... 
Amanhã já é dia de trabalho e depois das energias recuperadas, 
tenho certeza que irá começar lindamente...

Músicas novas preferidas #27


Sem dúvida uma das músicas que me acompanhou durante este verão...