sábado, 11 de fevereiro de 2012

A propósito do dia dos namorados...



A serio que eu não percebo, chega Fevereiro e as pessoas pensam é no dia dos namorados e no carnaval... até os políticos andam a discutir semelhante coisa. Por todos os lados onde há pessoas há compras e publicidades sobre o dia dos namorados. Confesso que este dia nunca me disse nada em especial, excepto enquanto eu andava na escola e vivia no meu país natal. De facto, este dia era um dia em que as crianças fazíamos cartões de amizade para entregar aos nossos melhores amigos da escola, ou fazíamos trabalhos artísticos super giros para oferecer a quem queríamos. Uma mistura de inocência e desejo de demonstrar alguém o importante era para nós. Sinceramente, acho que era algo que tinha a sua graça, porque neste dia haviam crianças que vinham ter comigo para me entregar detalhes como os que falei há pouco e eu não fazia ideia de que eu fosse assim tão importante para elas até o ponto de terem feito com as suas próprias mãozinhas algo para me dar. Ora, nem mais... acreditem que até era um belo momento e algumas boas amizades nasceram assim... Agora andar a procurar cenas para oferecer ao amor da vossa vida? Andar a pedir coisas ao vosso parceiro para vos oferecer nesse dia? Por amor de Deus, isto só mesmo pode ser a loucura total da humanidade... o pior de tudo é que este dia até parece imaculado pela demonstração de amor que as pessoas podem chegar a fazer. Isso não faz sentido nenhum na minha cabeça, até prefiro ficar em casa, porque só de pensar as coisas que lá fora acontecem nesse dia, não me apetece mesmo nada. Sabem, o que sim adoro? Sair um dia vulgar qualquer e ver um lindo casal a namorar entre cumplicidades, sorrisos e boa disposição. Isso sim vale a pena... porque para mim não é num dia que vais demonstrar o que sentes e muito menos tentar dar todo o teu melhor, é sim no teu dia-a-dia com gestos, atitudes e comportamentos que isto se faz.

 
 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Que pensas sobre isto? Desejas partilhar algo parecido? Concordas ou não?
Obrigada pela visita!