domingo, 29 de abril de 2012

Já passa meia noite...


... e eu ainda acordada, parece que o sono nunca mais chega.. Do outro lado estas tu, profundamente, adormecido depois de um "até amanhã carinho, adoro-te". Posso deduzir que estas completamente cansado, o dia foi longo e as horas passaram a correr num abrir e fechar de olhos. Adoro ver-te dormir, mas especialmente ouvir-te... É algo extraordinário poder sentir o respirar pausado e marcado pelo tic tac dos teus sentidos. Por um momento sou capaz de projectar em ti algumas sensações do meu próprio corpo, sentindo a calma e organização de todo o teu ser, uma experiência nitidamente de alerta, viciante e aliciante. Porque chegas ao ponto de me fazer adormecer com o simples facto de sentir-te tão perto de mim, mas por sua vez tão distante, na verdade não é apenas a linha telefónica que me deixa com essa sensação de tranquilidade profunda é sim aquilo que esta por detrás da linha telefónica, ou seja... tu...  

Sem comentários:

Enviar um comentário

Que pensas sobre isto? Desejas partilhar algo parecido? Concordas ou não?
Obrigada pela visita!